rogbenites@gmail.com

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Luta conjunta pela UERGS, A platéia


Quem disse que PT e PSol não podem estar juntos? Em Livramento, estão, sim, desde ontem. Não se trata de nenhuma dobradinha eleitoral ou coligação, mas sim em uma luta conjunta para salvar a Universidade do Estado do Rio Grande do Sul-Uergs, que vem enfrentando conhecidas dificuldades para se manter. A situação da Universidade levou o presidente do diretório municipal do PSol, Rogério Benitez, a procurar na tarde de ontem o escritório politico da deputada federal Emília Fernandes, acompanhado por um grupo de alunas do campus local da universidade. Benites conversou com o radialista Dagberto Reis, coordenador do escritório da deputada, sobre o apoio dela a uma emenda da deputada federal Luciana Genro, do PSol-RS, no valor de R$ 200 mil, específico para o campus local da Uergs, para aquisição de equipamentos de informática. O percentual destinado no orçamento do Estado para a Uergs foi reduzido para 0,22%, o que praticamente inviabiliza a universidade. A reunião teve ainda a participação do professor Anor. Dagberto reafirmou o compromisso da deputada Emília com a universidade pública e gratuita, garantindo o encaminhamento da demanda que, segundo ele, certamente terá o apoio da parlamentar. "A Uergs deve ser vista como uma política de Estado e não como uma questão ideológica, como uma estratégia de desenvolvimento regional", disse Dagberto,e cumprimentou Rogério pela iniciativa. Os alunos aproveitaram para reivindicar um laboratório para Uergs de Sant’Ana do Livramento. Dagberto ficou de encaminhar o pedido à deputada.

Um comentário:

Anônimo disse...

O PT, Lula/Dirceu/MENSALÃO/Sarney/Renan Calheiros/Collor/ de Tarso/Emilia/Glauber/cut/, que também são os responsáveis pelo fechamento da Santa Casa, pelas demissões, e falta de políticas públicas para a nossa cidade, são os mesmos que na assembléia legislativa jogaram para desgastar a YEDA em uma CPI, que eles sabiam que não daria em nada, traindo o povo e os trabalhadores mais uma vez, são os que estão a frente nas pesquisas, mas estão ficando isolados sem alternativas de coligação. E tu ainda tens a cara de pau de procurar a Emilia para apoiar uma emenda de 200 mil pra UERGS. E os 300 mil da Santa Casa já vieram? Quando se quer conseguir determinada coisa é fácil fechar os olhos para outras, né mesmo?! Colocas todo mundo na mesma panela, jogas um pouco de bosta e mistura tudo, só se salvando os iluminados de ilibada reputação que são do PSOL... Eu acho, de coração que a Emilia vai ajudar. Sempre que pode ela faz isso.
Antônio Gaudério de Nascimento
tonhogauderio@bol.com.br