rogbenites@gmail.com

domingo, 30 de maio de 2010

Jaqueline Martins Pré-candidata a deputada estadual pelo PSOL santanense



PSOL santanense abona o nome de Jaqueline Martins para concorrer a uma vaga na assembléia legislativa como pré-candidata a deputada estadual pelo Partido Socialismo e Liberdade



O PSOL santanense sob o comando de seu presidente e pré-candidato a deputado federal Rogério Benites reuniu a executiva do partido socialismos e liberdade na tarde do último sábado para que em conjunto com núcleo das mulheres, aposentados e juventude aprova-se o nome da companheira Jaqueline Martins como pré-candidata a deputada estadual, o nome de Jaqueline já havia sido cogitado pelo presidente estadual da sigla Roberto Robaina pela sua liderança e organização interna coordenando o grupo de mulheres do partido.

Segundo Rogério Benites a indicação de Jaqueline Martins vem ao encontro das principais bandeiras democráticas e socialistas, pois o objetivo desta candidatura é valorizar as mulheres mães de nossa cidade, proporcionando a elas a oportunidade de defender suas vidas e de seus filhos com propostas concretas que venham suprir suas necessidades sociais aos quais os governos de plantão não as tem proporcionado. O partido tem proposto à construção do programa de governo a valorização das mulheres, tendo o orgulho de ter a frente deste processo o companheiro Pedro Ruas pré-candidato a governador ao qual apresentará a sociedade gaúcha no seguinte período. Necessitamos de mulheres comprometidas com o povo e com os trabalhadores que demonstrem a população que há sim outra forma de fazer política valorizando a ética, coerência e a luta contra a corrupção.



Entretanto para Jaqueline a importância do momento faz com que tenhamos que enfrentar nossos maiores desafios, a discriminação por ser mulher, falta de emprego, habitação, saúde e políticas sociais de verdade que realmente beneficiem as mães e mulheres da região em especial as santanenses. Segundo Jaqueline os governos e seus partidos que estão no poder nada fizeram para suprir as maiores necessidades sociais, nos abandonando por completo, vide o fechamento do Hospital Santa Casa, pelo período de 5 meses e a demissão de mais de 100 trabalhadores sendo na sua grande maioria mulheres mães que estão passando por grave situação financeira porque saíram sem receber nada na hora das demissões. Estas práticas de minorizar o papel da mulher em nossa sociedade tem que acabar por isso a necessidade de termos uma mulher que sente as dificuldades do dia-a-dia para lutar com os mesmo ideais das nossas maiores lideranças seguindo o trabalho e o exemplo de Heloísa Helena e Luciana Genro que muito tem feito pela nossa cidade, eu agora quero lutar por melhores condições de vida para o nosso tão sofrido povo na assembléia legislativa com orgulho de ser mulher mãe e do PSOL





Rogério Benites 31 de maio de 10

sábado, 29 de maio de 2010

Tarso, Fogaça, Lara mais do mesmos.............


Beto Albuquerque PSB, tentou de todas as formas atraír o PP um dos partidos envolvidos nos desvio de mais de R$ 44 milhões do DETRAN, base aliada do governo corrupto de YEDA/PSDB. Junto com Manoela do PC do B, após fracasso de sua candidatura própria decidiram apoiar Tarso do PT, porque eles estão juntos no governo federal.

Wainer PSB, recebeu a visita de Tarso na quinta-feira inclusive jantaram juntos, Wainer foi um dos defensores internos do PSB de apoiar Fogaça/PMDB dizendo no jornal Zero - Hora que não lhe agradava as práticas Stalinistas das correntes internas do PT, o que tornou indigesto o jantar certamente.

O PT local não criticava Wainer sempre quando podia estava junto vide Leda/PT Santa Casa hospital com mais saúde para citar ex. e fazendo vistas grossas nas principais questões para alicerçar esta “Frente de Esquerda”, que não tem nada de esquerda e nem de frente. Tem somente garanto o meu cargo o meu posto, o povo que se exploda.

Wainer nos próximos meses verá seu fraco governo desmoronar de vez, com as candidaturas mais dos mesmos. Wainer PSB/Batista/Nelmo apóia Tarso/Emilia/Glauber do PT. Gornatti/Bernardo PSDB/YEDA, apoiará a tentativa dos tucanos juntos com PP de reeleição.

No entanto, Marcirio/Moreira PDT base de Wainer agora estão juntos com PMDB de Fogaça/Rigotto/Carine/Osmar Terra. Fogaça abandonou a prefeitura de Porto Alegre sem explicar os desvios de mais de R$ 10 milhões da Saúde, o que entrou como moeda de troca foi a prefeitura de Porto Alegre que ficou com Fortunati do PDT lembram?

E o DEM Edu/Yeda base de Wainer, da corrupção do DF com Arruda, tenta se desvincular do governo YEDA/PSDB estando ao lado de Lara do PTB/Germano/Coronel/Roberto Jeferson do MENSALÃO, de Eliseu Santos secretário de Porto Alegre morto segundo o MP envolvimento na corrupção do governo de Fogaça na prefeitura.



O povo gaúcho/santanense começa a perceber que eles estão todos juntos tanto no governo federal/estadual/municipal, mas que infelizmente não estão nem ai para o próprio povo que os elegeu, ficando evidente seu total abandono, falta de trabalho, educação, segurança e saúde vide a questão do Hospital Santa Casa de Misericórdia seu fechamento por 5 meses, a morte de centenas de santanenses e a demissão de mais de 100 trabalhadores do hospital sem pagar ninguém.




É por isso que nós do PSOL estamos com o povo e com os trabalhadores não fizemos conchavos por cargos ou pelo poder,e, nem aceitamos fazer parte de governos CORRUPTOS muito pelo contrário lutamos contra, denunciamos e provamos que ela existe no governo YEDA/PSDB, e aqui em Livramento nos supostos desvios de R$ 500 mil da Santa Casa, o que certamente contribui para agravar sua crise, sendo que nós somos os únicos a cobrar tanto do MPF e da PF que agilizem as investigações, pois há suspeitas destes recursos terem sido usados na campanha eleitoral de 2008, o que nos indigna e entristeci.


Ou seja, para que Livramento seja defendida verdadeiramente no piratini, articulando projetos na assembléia legislativa e no congresso nacional, deve convergir em grande número para as candidaturas do PSOL no próximo pleito, o resto é retrocesso ou mais do mesmos.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Deputado Fluminense do PSOL faz campanha sob escolta

O deputado estadual do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSOL) é a inspiração do filme Tropa de Elite 2, que deve estreiar em breve e mostra a rotina de um parlamentar que ousou enfrentar as milícias locais. Jurado de morte, Freixo precisa de proteção armada em sua campanha para a reeleição. Confira a reportagem de Wilson Araújo:




O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), 43 anos, não bota o pé fora de casa sem a companhia de uma comitiva formada por pelo menos cinco homens atentos, carregando caixas parecidas com as usadas para transportar instrumentos musicais. Em vez de violão ou violino, porém, as caixas contêm armas de grosso calibre. E o séquito que acompanha o deputado é formado por policiais e agentes penitenciários escolhidos a dedo para sua proteção. Jurado de morte, Freixo é candidato à reeleição a deputado no Rio de Janeiro e não poderá fazer campanha nas ruas. Na zona oeste da cidade, região que concentra 35% do eleitorado carioca, nem seus militantes poderão pedir votos. Milicianos já avisaram que quem ousar vai “levar chumbo”.



Freixo só se desloca pela cidade em carro blindado e uma viatura da PM passa as noites de plantão na porta de sua casa. Ele é perseguido por ter atuado contra o crime organizado no Rio, em especial por combater a máfia das milícias, que domina 40% das 1.200 comunidades carentes do Estado. “Vamos utilizar a internet e outras ferramentas virtuais para fazer nossa proposta chegar à população”, diz ele, convicto de que não pode expor ninguém ao perigo nem mesmo a si próprio. “Não quero ser um herói morto”. O Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública já abortou dois planos para matá-lo.

O poder das milícias que marcaram Freixo para morrer pode ser medido por seu faturamento. Elas arrecadam mais de R$ 200 mil diários somente com o controle do transporte alternativo. Em seis meses de investigação, a CPI que Freixo liderou na Assembleia carioca levou para a cadeia quase 300 integrantes desses grupos criminosos. Ela também desbaratou o esquema fraudulento do auxílio-educação, praticado por alguns deputados, que embolsavam as cotas de R$ 400 concedidos a cada dependente de funcionário matriculado em escola particular. Freixo ainda esteve à frente do processo de cassação do ex-chefe de Polícia do Rio deputado Álvaro Lins (PMDB), envolvido com a máfia dos caça-níqueis.




“Estamos assistindo a uma violação do princípio democrático que implica o direito de cada um, seja ele deputado ou não”, revolta-se o sociólogo carioca Gláucio Soares, do Instituto de Pesquisas Universitárias (Iuperj). Fazer campanha pela internet é, por enquanto, a única alternativa de Freixo. O presidente da Associação Brasileira de Consultores Políticos, Carlos Manhanelli, não arrisca prever que resultado o deputado poderá conseguir com uma campanha desse tipo: “Nunca vimos uma coisa dessas antes”, diz ele.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

PSOL propõe moção de apoio à PEC 300 em Porto Alegre



Os vereadores do PSOL em Porto Alegre, Pedro Ruas e Fernanda Melchionna, protocolaram nesta segunda-feira, 24, uma moção de apoio à aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 300/2008, que instituiu piso salarial para os policiais militares e bombeiros de todo o país. A ideia partiu do tenente Alex Caiel, diretor jurídico da Associação de Tenentes, Subtenentes e Sargentos da Brigada Militar, pré-candidato à Câmara Federal pelo PSOL, durante visita de lideranças do partido à Abamf – Associação de Soldados e Cabos da Brigada Militar, na sexta-feira.


O PSOL espera que a moção receba amplo apoio dos vereadores da Capital e possa servir de exemplo para outras câmaras municipais, especialmente no Rio Grande do Sul, onde a categoria tem os mais baixos salários no Brasil. Em Brasília, a PEC 300 já tem o apoio da deputada federal Luciana Genro.A moção foi encaminhada à Câmara Federal e ao Senado.

Com informações de fernandapsol.com.br

terça-feira, 25 de maio de 2010

Santa Rita de Cássia


No último sabado 22 participei da procissão de Santa Rita de Cássia, procissão esta que saiu da praça Artigas ás 19 horas em direção a capela de Santa Rita, localizada na vila Soares. Muita fé e emoção foram os sentimentos demonstrados  pelas centenas de devotos da santa conhecida como santa das causas impossiveis, entre eles o que me alegrou muito foi a presença de dezenas de crianças e de jovens, que seguirão esta linda tradição religiosa. Na oportunidade além de reforçar e reafirmar minha  fé cristã, fui tocado pelo espirito santo, portanto agora vou participar mais da minha igreja, vou me doar um pouco mais para CUIDAR do mais precioso que um homem pode ter que é a fé em Deus em seu único filho Jesus Cristo, pois se estou vivo com saúde, para lutar, trabalhar, estudar, viver é graças a ele.

Sou devoto da Santa Terezinha, por tradição e fé, mas apartir de agora também sou da Santa Rita de Cássia.
Porque Deus, Jesus Cristo tem sempre me cuidado, e, a fé que eu tenho em Deus, e aos(as) santos que estão junto dele é que tem me mantido firme nas minhas convicções, portanto tenho certeza que  vencerei.

Amém,
Deixo para voces a oração da Santa Rita de Cássia

Ó poderosa Santa Rita, chamada de Santa dos impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliar na hora extrema, refúgio na dor, e salvação para os que se acham nos abismos do pecado e do desespero, com toda a confiança, no vosso celeste patrocínio, a vós recorro no difícil e imprevisto deste caso que dolorosamente me aflige o coração.

Dizei-me , Santa Rita não quereis auxiliar e consolar?

Afastarei o vosso olhar piedoso do meu pobre coração angustiado?

Vós bem sabeis, vós bem conheceis o que seja o martírio do coração.
Pelos sofrimentos atrozes que padecestes, pelas lágrimas amargosíssimas que santamente chorastes, vinde em meu auxílio. Falai, rogai, intercedei por mim que não ouso fazê-lo ao Coração de Deus, Pai de misericórdia e fonte de toda a consolação, e obtende-me a graça que desejo. (Mencione-se a graça desejada).

Apresentada por vós, que sois tão cara ao Senhor, a minha prece será aceita e atendida certamente; valer-me-ei deste favor para melhorar minha vida e os meus hábitos, e para exaltar na terra e no céu as misericórdias divinas. Amém.



Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. (3x)

(Com aprovação eclesiástica)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Zero-Hora 20 de maio, MP denuncia presidente do PTB

O caso Eliseu Santos tem mais dois denunciados. O Ministério Público (MP) decidiu incluir o nome do presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) na Capital, José Carlos Brack, por possível envolvimento em corrupção, e do apenado Jonatas Pompeu Gomes, irmão do homem acusado de matar o secretário da Saúde de Porto Alegre, em 26 de fevereiro.



Integrantes do MP evitaram, ontem, dar detalhes sobre as novas denúncias. Também não foram reveladas as possíveis provas ou os indícios nos quais foram baseadas. Confirmaram apenas que Brack não está sendo apontado diretamente pela morte do ex-vice-prefeito, mas ressaltaram que o líder político entrou na lista encaminhada à 1ª Vara do Júri porque teria participação no esquema de pagamento de propina supostamente interrompido por Eliseu.

De acordo com o esquema apurado, o empresário Jorge Renato Hordoff de Mello, dono da empresa Reação, pagaria R$ 10 mil mensais a Marco Antônio de Souza Bernardes, ex-assessor jurídico de Eliseu, para poder continuar prestando serviços de segurança em postos de saúde da Capital. Segundo declarações de Mello, Bernardes teria dito que o dinheiro seria usado na campanha eleitoral do secretário da Saúde e de candidatos do PTB neste ano. Ambos foram denunciados como os mandantes da morte de Eliseu Santos.
Na época em que o episódio da suposta cobrança veio a público, Eliseu disse que ninguém estava autorizado a pedir dinheiro em seu nome, demitiu Bernardes e cancelou o contrato com a Reação.

Conforme o MP, parte do PTB teria ficado revoltada com a atitude do secretário, pois a medida teria interrompido a arrecadação de dinheiro do partido. Eliseu teria relatado esse clima de discórdia dias antes de morrer.

Sobre a inclusão de Jonatas no caso, o MP informou que ele foi denunciado por suposto envolvimento no homicídio do secretário. Irmão de Eliseu Pompeu Gomes, o homem que disparou contra o secretário, Jonatas é apenado do regime semiaberto e foi empregado da Reação entre junho e julho de 2008. Ele seria, para o MP, o elo entre um dos supostos mandantes do crime (Mello) e o executor (Gomes).


Juiz ainda não definiu se aceitará denúncias
Os documentos apresentados pelo Ministério Público já estão nas mãos do juiz substituto da 1ª Vara do Júri da Capital, Ângelo Furlanetto Ponzoni.

O magistrado disse ontem que ainda não definiu se aceitará ou não as novas denúncias. Apesar disso, adiantou que a decisão deve sair até o fim desta semana:

– São 3.906 páginas e 16 volumes. É um processo extenso e muito complexo, que não se decide da noite para o dia.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

VALMA


A ti minha homenagem,

soube hoje a confiramação de tua morte,

triste fiquei,

desde,

quando ouvi os comentários,

que uma ex-funcionária da Santa Casa tinha morrido em casa,

Mas....
 recordo quando trabalhamos juntos no pronto, da maneira que sempre trataste teus pacientes,

onde esteja,
sei,
que na minha mente e de muitos estará sempre,

muito obrigado por tudo,

um até breve minha amiga,

logo estaremos todos juntos, as almas do bem, a quem Deus escolheu,


Meu silencio, minha oração para que Deus te receba de braços abertos,,,,,,

VALMA


terça-feira, 18 de maio de 2010

Eleição da CIPA 2008 no Hospital Santa Casa de misericórdia de Sant´Ana do Livramento

PARTICIPE DA ELEIÇÃO DA CIPA 2008

                   Dia 18 de Junho de 2010


                                COLEGAS DA SANTA CASA
                                      DE MISERICÓRDIA!

          Pelo pagamento de nossos salários em dia
                          e das férias coletivas
                                     
       Vote em Paulo Rogério Benites

Pela 1° vez na história do hospital o destino de um trabalhador será decidido pelos próprios trabalhadores, através do voto direto. Garanti meus direitos via judicial, obtive vitória através de uma sentença judicial anulando as eleições realizadas ilegalmente, desonestamente da CIPA de 2008, derrotando a antiga administração e seus comparsas corruptos.



                                 Pelos 106 colegas demitidos

                                    Vote

                         Paulo Rogério Benites



SENTENÇA: Assim declaro a nulidade da eleição realizada pela reclamada no dia 23-04-2008 para a CIPA de 2008, após cancelamentos irregulares com reiteradas reaberturas de prazo para inscrição de candidatos, o que é vedado pela legislação vigente examinada. Determino, assim, a realização de novo processo eleitoral, no prazo de cinco dias, considerados para tanto àqueles candidatos inscritos quando da primeira convocação eleitoral realizada em 27-12-2007, dentre os quais figura o reclamante porquanto inscrito como candidato no curso da vigência de seu contrato de trabalho, consoante atesta o documento da fl.13.



Para que a população não esqueça o fechamento do hospital por 5 meses

Vote Paulo Rogério Benites



Veja o que diz a convocação: O provedor da Santa Casa de Misericórdia comunica ao Sr. Paulo Rogério Benites, funcionário desta instituição, prazo para eleição da CIPA 2008/2009, que se realizará dia 18 de junho de 2010, conforme sentença judicial 00752200885104002, assim sendo se eleito, garantido a sua reintegração ao quadro de funcionários. Recebi este comunicado dia 20 de abril, percebam que através da justiça tenho garantido meus direitos, sem me calar, sem temer, com muita luta, perseverança e posição política.



DECLARAÇÃO: “Nós os trabalhadores e o povo fomos os que pagamos a conta pelo descaso dos gestores públicos e dos legisladores, no fechamento do hospital, sendo que o hospital somente reabriu pela pressão da ACIL, e por se tratar de um ano eleitoral. Tenho lutado de todas as formas possíveis por nós colegas, mas infelizmente “partes” da direção do sindicato, legisladores e governos nos abandonaram, levando ao fechamento do hospital e a demissão de 106 trabalhadores sem pagar ninguém. Querem destruir nossa luta e o hospital definitivamente, colocando trabalhador contra trabalhador, setor contra setor, Pressionando: “Se alguém que está fora for eleito, alguém que está dentro vai ter que sair”, isto não é “ Nova Gestão”, é a “velha” lembram-se ? O medo, as ameaças, não é um bom sinal, passada as eleições como ficará?



Agora preciso de teu Voto




Para que a “Nova Gestão” seja uma nova gestão realmente

Vote em Paulo Rogério Benites



GARANTIA DE QUEM ESTÁ LUTANDO

Vou garantir que a eleição seja democrática, transparente e que não tenha de maneira alguma como saber quem votou em quem.

Este foi um dos motivos pelo qual me reuni com o Sr. Edemar no dia 5 de maio, sendo quem deveria fazer seria a direção do sindicato e não o fez.

 Pedi a ele que retirasse as demissões da direção do sindicato e dos membros da CIPA, reintegrando-os de imediato. (negado)

 Também reforcei a necessidade de chamar os colegas que estão com os contratos suspensos, pois os mesmos estão sem salários a meses, passando por imensas dificuldades, havia um compromisso deles voltarem.(Negado)

 Sugeri também que fosse criada a Comissão Eleitoral para dar legitimidade à eleição. (Já conquistei).

 E o pagamento das férias coletivas de imediato. (em haver)

 A criação da CIPA eleições da mesma em 2010 onde todos poderão se inscrever, haja vista que o hospital está funcionando sem CIPA comissão importantíssima para garantir a prevenção de acidentes no âmbito hospitalar e a discussão de melhorias das condições de trabalho para todos nós. (em haver)

Para que o hospital não feche novamente, que os supostos desvios sejam apurados, para acabar com as ameaças e a exploração, melhorando o clima organizacional, pelos nossos direitos sejam garantidos efetivamente, FGTS, melhores salários, condições de trabalho dignas para podermos trabalhar tranqüilos na profissão que escolhemos, pelos colegas que estão com contratos suspensos possam retornar para o trabalho o mais breve possível.



Vote em Paulo Rogério Benites
 um lutador incansável pelos nossos direitos



Paulo Rogério Benites foi candidato a presidente do sindicato em 2003, membro da CIPA 2004, 2006, candidatou-se a dep.fed. 2006, em 2007 articulou emendas de R$ 1.050,000 ( Um milhão e cinqüenta mil), para o hospital (Administração, sindicato, vereadores, prefeito, membros dos governos fed. e estad. nada fizeram para trazer os recursos). Em 2008, enfrentou candidatura a prefeito, junto com um lutador do hospital Sérgio Vicente da Silva candidato a vereador, para lutar pelos nossos direitos, FGTS, aumento salarial, melhores condições de trabalho, aumento da complexidade hospitalar, após colegas levarem ao conhecimento público dos “supostos desvios”, Luciana Genro pronunciou-se no congresso, forçando a direção vir a confirmar a CORRUPÇÃO. Rogério Benites, sem ter mandato na câmara construiu a frente em defesa da Santa Casa em 2009, foi mentor do pedido de INTERVENÇÃO MUNICIPAL. Entrei com pedido na JE, JF, para que reabrissem o hospital. Sou novamente pré-candidato a dep.fed. pelo PSOL, coordenador de campanha do Pré-candidato a governador Dr. Pedro Ruas. Tenho compromisso com os trabalhadores, hospital e com o povo santanense, faça como muitos colegas que já confirmaram seu voto em Paulo Rogério Benites, fazendo com que ele seja o mais votado nesta eleição, para continuar lutando dentro do hospital por nossos direitos.

Agora preciso de teu Voto

Acompanhe meu blog http://rogeriobenites.blogspot.com/ Para saber nos detalhes a importância desta eleição, em que não está somente decidindo a vida de Rogério, mas a do próprio hospital e de todos nós.

Email: rogeriobenites@hotmail.com cel.: 99665688 me adicionem no Orkut Rogério Benites

O ensino público gaúcho pede socorro..



O CPERS/Sindicato realizou uma pesquisa nas escolas públicas gaúchas que mostra um diagnóstico catastrófico da situação do ensino em nosso Estado. Na abertura do trabalho a direção do sindicato relata que enfrentou muitas dificuldades para realizar a pesquisa, principalmente devido à postura do Governo do Estado que fez de tudo para impedir a pesquisa, até mesmo proibindo através de documento circular, que os educadores respondessem as perguntas ou que permitissem a realização da pesquisa nas escolas. O resultado mostra, realmente, que o governo tinha muito a esconder.




- 60% das escolas não tem Serviço de Orientação Educacional
- 43,5% des escolas que tem ensino noturno não possuem refeitório no período da noite
- 37,8% das esoclas não possuem laboratório de informática
- 60,2% dos entrevistados respoderam que lembram de algum incidente envolvendo a segurança da escola
- 59,4% afirmam que não existe enhum programa ou ação governamental de combate à drogadição na região
- 61,4% dos professores entrevistados estão insatisfeitos com a manutenção recebida pela escola e 66,7% dos diretores tem a mesma opinião.

- 81,6% dos entrevistados consideram insuficiente a verba repassada para cobrir as necessidades da escola

- 53,8% percebe que as consequências da enturmação foram a baixa na qualidade de ensino e o atendimento ao aluno. A totalidade dos professores entrevistados diz que a enturmação prejudica a aprendizagem.
- Embora 69,6% avalie como boa a qualidade da escola, somente 8% entendem que o governo estadual garante condições para que a escola funcione

Se fizermos esta mesma pesquisa nas instituições de ensino superior como a UERGS, teremos estes dados ou percentuais maiores negativamente, onde este governo e os que os antecederam não souberam ou não quiseram dar a devida atenção.


O PSOL, postula-se ao poder nas próximas eleições, com candidaturas coerentes em defesa dos trabalhadores e do povo gaúcho, onde a educação será tratada com a atençaõ merece, este é o compromisso dos nossos guerreiros(as), Dr. Pedro Ruas pre´-candidato ao piratini, deputada federal Luciana Genro, do presidente estadual do partido Roberto Robaina pré-candidato a assembléia legislativa e de Rogério Benites pré-candidato a camara dos deputados.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Fernanda do PSOL orgulho de ter lado..



Ao ler a reportagem da nossa vereadora Fernanda de Porto Alegre, uma jovem quadro do PSOL, onde ela inova nas suas maneiras de colocar em choque os governos e os partidos que os dão sustentação, de maneira clara, didática, simples e direta. Orgulha-nos todos os lutadores socialistas do Rio Grande, com suas posições firmes e coerentes.


É por isso que Porto Alegre é a nossa capital, lá há fervor, político, cultural, educacional, econômico e financeiro. Entretanto a importância de ter um partido comprometido com a classe trabalhadora faz com que a diferença seja percebida nos atos destas lideranças.

Que falta faz a Livramento ter um representante que tenha lado em defesa dos trabalhadores e do povo na câmara de vereadores, na assembléia legislativa ou até mesmo no congresso nacional.

Poderíamos questionar muitas coisas, dentre elas, a Santa Casa, seu fechamento, conseqüências, responsabilidades, e seu futuro. Dita “Nova Gestão”¿

Ou as 443 casas do programa minha casa minha vida,

Ou tantos mentiras do período pré -eleitoral,
UPA(Unidade de pronto Atendimento, Samu Salvar, Energia Eólica, Ginásios de esporte na vila Santa Rosa, Simão Bolivar,
emprego, saúde, educação etc....

Devemos ter a esperança que os santanenses façam uma verdadeira MUDANÇA, neste próximo pleito, valorizando a posição do PSOL, suas principais bandeiras, suas lutas em defesa de nosso povo e os trabalhadores.

Acompanhem:

A vereadora Fernanda Melchionna levou nesta segunda-feira, 17, para a tribuna da Câmara Municipal de Porto Alegre um vidro de óleo de peroba. Ela afirmou que o produto era um presente para a prefeitura e seu titular José Fortunatti (PDT), por sua cara de pau, ao usarem a crise grega como pretexto de não concederem nenhum reajuste aos municipários. Ela lembrou que na sexta-feira, estava na frente da prefeitura com os municipários. Após duas horas de reunião, a direção do sindicato contou essa versão da crise que foi dada pelos secretários do município.

Na tribuna, Fernanda lembrou que a defasagem dos salários dos municipários já atinge 20% e eles estão pedindo apenas 10% para iniciar as negociações. Disse ainda que a administração gasta R$ 30 milhões anuamente com o pagamento de cargos de confiança e existem servidores concursados cujo básico é inferior ao piso nacional.

sábado, 15 de maio de 2010

Projeto protocolado pelo nosso mandato través da Dep Fed Luciana Genro do PSOL


PL-7321/2010


SECAP(SGM)

Aguardando Despacho

Data de apresentação: 12/5/2010

Ementa: Dispõe sobre os crimes contra a ordem tributária e contra a Previdência Social e dá outras providências. Explicação: Altera a Lei nº 8.137, de 1990, o Decreto-lei nº 2.848, de 1940 e a Lei nº 9.613, de 1998.



PL-7016/2010

CSSF

Aguardando Designação de Relator

Data de apresentação: 23/3/2010

Ementa: Prevê punição e mecanismos de fiscalização contra a desigualdade salarial entre homens e mulheres.

Despacho: Às Comissões de Seguridade Social e Família; Trabalho, de Administração e Serviço Público e Constituição e Justiça e de Cidadania (Art. 54 RICD) Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões – Art. 24 II

Regime de Tramitação: Ordinária



PL-6991/2010

CTASP

Tramitando em Conjunto (Apensada à PL-6582/2009 )

Data de apresentação: 17/3/2010

Ementa: Dispõe que nomeação é ato vinculado da Administração Pública.



PL-6933/2010

Diversos

Diversas

Data de apresentação: 10/3/2010

Ementa: Dispõe sobre a regulamentação da profissão de instrutor de artes marciais.



PL-6873/2010

CTASP

Aguardando Parecer

Data de apresentação: 2/3/2010

Ementa: Institui, no âmbito da administração pública indireta, a proibição de despedida imotivada de empregados públicos.

Despacho: Às Comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público e Constituição e Justiça e de Cidadania (Art. 54 RICD) Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões – Art. 24 II

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Continua a farra nos jornais, nas rádios..


"Antes um recado"

"Representantes dos governos de plantão, eu sei que voces estão lendo meu blog, ve se tomem vergonha da cara e façam algo de verdade em beneficio do povo e dos trabalhadores, e não somente em beneficio próprio e de seus aliados políticos, ou abandonem, larguem a teta, sabem o que estou dizendo ".



Mas enfim, aos pobres mortais as pessoas comuns, aos trabalhadores, ao povo santanense, que apreciam minha indignação, ,,,,,

Acompanhem a matéria abaixo de jornal a platéia de hoje 13 de maio de 2010

E façam uma comparação com a última eleição, onde o atual prefeito se reelegeu, como o discurso que estava pagando as contas, e, no periodo eleitoral calçou e asfaltou várias evenidas da cidade, sendo estes fatos os principais que levaram a grande maioria do povo a votar nele, além de o hospital estar pintado, jorrando aguá diariamente de uma fonte que custou R$ 20 mil , tinha Gestão de qualidade, financeira, estava com 400 funcionários, passado as eleições, a casa caiu, soube-se que havia sido desviado R$ 500 mil da instituição, denuncia feita por nós do PSOL, admitida pela propria adminstração.

No final da reportagem verão  que as pessoas estão colocando fotos nas casas pelo calçamento da rua, idolatram os que nos estão tirando a digindade, só pode ser coisa de jornal.

O interessante de  tudo isso, é que neste momento os fatos se repetem, a jogada de marketing é a mesma, utilizando pessoas simples, que lutam a vida inteira para terem simplesmente sua rua calçada, serem usados como garotos propagandas, o que seria o minimo a fazer, judiam até não aguentarem mais, fazem sofrer, para depois serem homenageados,  glorificados pelos seus miseros atos.

O povo pergunta?

Porque o Beto Albuquerque não trouxe as emendas para o Hospital Santa Casa, articualado pelo PSOL santanense, a meu pedido a dep. fed. Luciana Genro articulou um total de R$ 1.050,000 (Um milhão e cinsquenta mil reais), deixando a instiutição fechar, demitir mais de 100 funcionários sem pagar ninguém, abandonando nossa população totalmente, não sabemos quantas pessoas morreram no periodo dos 5 meses em que o hopital permaneceu de portas fechadas, não é mesmo, mas não foram poucas certamente, um dia saberei.

E os R$ 500 mil destinados por nós para construção de postos de saúde, através do orçamento da união de 2008, e os R$ 500 mil para construção de creches públicas e gratuitas de 2009.

Porque os representantes do governo Wainer, Beto no caso, do governo federal, Emilia, Glauber, e os do governo do estado, Bernardo, Carine, e os vereadores, os quais fazem parte dos governos, hora federal, estadual e ou municipal o que fazem por nós, porque não trouxeram as emendas articuladas por mim e por Luciana, eu tenho que ser light, com os que estão comendo o nosso figado literalmente, hora ve se pode.

Nós já fomos governo, fomos expulsos porque não aceitamos votar contra os trabalhadores, entrar na CORRUPÇÃO, muito pelo contrário, lutamos contra ela, através das denuncias, caso YEDA, Santa Casa, e provamos que lá existiam.

Deixa o povo que morra, deixem o povo sofrer, depois na eleição eu calço umas ruas, pago um monte de gente desempregada para trabalhar pra mim, minto mais um pouco, coloco panfletos coloridos de montão e farei milhares de votos, que ajudará meus governos a permanecerem no poder, e a meu grupo, estaremos juntos.


Ontem li a reportagem do presidente da camara de vereadores Bernardo do PSDB/Yeda/Wainer, aprovou por unanimidade o projeto de lei que proibe os clubes socias de cobrarem a taxa de exame médico para piscina.

É  brincadeira, esses são os nossos representantes, eles acham que tão fazendo algo por nós, pelo nosso povo, que está sem emprego, sem saúde, sem casa na miséria. Porque eles não discutem então uma forma de cobrar taxa da vacas que defecam dentro batuva que custou R$ 10 milhões, ou dos cavalos que tomam banho lá.

Esta matéria é totalmente discutivel no ambito juridico, haja vista, que não se pode legislar sobre questões privadas, é INCONSTITUCIONAL meus nobres vereadores, mesmo assim certamente gerará matérias de jornais, progaramas de rádios, que não nos "convidam nunca", pois a verdade dói, e o povo não pode saber da verdade. Muitas pessoas acreditarão que eles estão fazendo algo por nós, afinal no verão, no verão olhem só no verão voces serão benefiiciados, num futuro não muito distante, a mentira cola, ou colará.




A matéria afinal:

O calçamento proposto pelo Governo Wainer Machado juntamente ao Orçamento Geral da União (OGU) - com apoio e articulação do Deputado Federal Beto Albuquerque, onde mais de 11 quilômetros de ruas serão beneficiadas em quinze bairros da cidade, está com suas obras avançadas deixando a comunidade satisfeita com o decorrer das últimas semanas.


A rua Romagueira de Oliveira, na Vila Santa Catarina, primeira contemplada para o calçamento, já está trazendo beneficios diretos para os moradores dos Bairros Nova Livramento, Queirolo, Santos e Emília Jardim de Carvalho e está próxima de ser concluída.

Os moradores da Romagueira entusiasmados com desfecho da obra, expressam a satisfação que estão tendo e os beneficios que terão.

Para Sára dos Santos Rodrigues, “O calçamento de nossa rua acabará com diversos problemas que encontrávamos a tempo como o barro nos dias de chuva e a poeira nos dias secos”.

Já Santa Isabel Severo diz que “esta obra é simplesmente maravilhosa, agora vamos deixar de comer poeira, para nós moradores foi realmente uma obra de grande importância, tanto que meu marido chegou a colocar uma foto do Prefeito Wainer em nossa casa mostrando nossa gratidão”.

As próximas ruas a receberem o calçamento com pedra irregular serão a Diamantino Menezes do Bairro Jardim Europa, seguidamente em bairros como a Carolina ( Brasília), Valeriano Marques de Souza, na Bela Vista; Maria Sariva na Simon Bolivar, Carlos Sergel na Santa Rosa e Beco do Nabais, na Moisés Vianna.


As PROMESSAS ?

E segunda fase do Terminal prefeito quando sairá? R$ 500 mil.

E as 443 casas do programa minha casa minha vida? Onde estão, membros do legislativo e representantes do governo federal?

E a UPA ( Unidade de Pronto Atendimento), prometida pelo governos, YEDA/WAINERpara absorver os demitidos do hospital, e dar assistencia na saúde?

E  o Samu Salvar?

virá um dia virá .

Energia Eólica ? quando mesmo em 2012, atá que legal em 2012, porque será né.

Em Livramento os representantes políticos, e os governos de plantão tem um hábito cultural do pensar e agir pequenos.

Ex: "Destróem o que existe, para construir algo menor e dizer fui eu quem fez".
Vide o Hospital, antes de seu fechamento possuia 230 leitos, 330 funcionários.
depois de 5 meses fechado, somente reabriu por ser um ano eleitoral, reabriu com 130 leitos e com 220 funciona´rios, sendo que destes ainda faltam 20 serem reintegrados.

Devemos mudar, e a única maneira que conheço e através do sufrágio universal, retirando estes senhores e seus partidos, os quais estão na maoria envolvidos nos processos de CORRUPÇÃO.

O povo tem que demonstrar sua indignação e tem que ser agora valorizando o trabalho e a luta do PSOL.

Brigada militar aposta na mudança no Rio Grande

Estas eleições não serão fáceis para o PSOL. O fato de não termos Heloísa Helena como candidata a Presidente nos complica bastante a disputa nacional. Mas o espaço para o PSOL existe, e Plínio vai nos representar com dignidade. No Rio Grande do Sul ouso dizer que temos uma situação privilegiada, embora também não seja fácil enfrentar as máquinas do PT, PMDB, prefeitura, governo do Estado e governo federal, e ainda a grande mídia que nos oferece um espaço mínimo. Mas a candidatura de Pedro Ruas tem força. As pesquisas feitas pelos grandes institutos ainda não mostram isso, mas sentimos nas categorias mais organizadas e nos setores mais politizados da sociedade que o PSOL e o nome de Ruas têm grande aceitação. Um exemplo disso é a enquete no site da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar: ali, Pedro Ruas tem 27,4% dos votos dos internautas. Temos um pré -candidato do PSOL a deputado federal na categoria, o Tenente Alex Caiel. É uma amostra de que onde temos gente trabalhando com seriedade temos condições de ocupar um espaço respeitável. E que se trabalharmos com afinco junto às categorias do funcionalismo público, como a Brigada, professores, técnicos cintíficos, entre outros massacrados pelo governo Yeda e que também já fizeram a experiência com o PT e o PMDB, vamos crescer muito!


fonte : Dep. federal Luciana Genro

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Rogério Benites é reconhecido como funcionário da Santa Casa novamente

PARTICIPE DA ELEIÇÃO DA CIPA 2008



Dia 18 de Junho de 2010




COLEGAS DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA!


Vote em quem está em todas as lutas, dia 18 de junho vote em Paulo Rogério Benites

Sempre os chamei assim, a partir de agora me dirigirei a todos livremente, será 1° vez na história do hospital que o destino de um trabalhador será decidido pelos próprios trabalhadores, através do voto direto, garanti via judicial sentença anulando as eleições da CIPA de 2008, e que sejam realizadas novas eleições incluindo meu nome, fui reconhecimento pela direção do hospital como funcionário desta instituição, caso seja eleito serei reintegrado ao quadro funcional.


Veja o que diz a convocação:

O provedor da Santa Casa de Misericórdia comunica ao Sr. Paulo Rogério Benites, funcionário desta instituição, prazo para eleição da CIPA 2008/2009, que se realizará dia 18 de junho de 2010, conforme sentença judicial 00752200885104002, assim sendo se eleito, garantido a sua reintegração ao quadro de funcionários. Recebi este comunicado dia 20 de abril, percebam que através da justiça tenho garantido meus direitos, sem me calar, sem temer, com muita luta, perseverança e posição política.




ENTENDA O CASO É NECESSÁRIO

Paulo Rogério Benites foi demitido injustamente em julho de 2007, mesmo possuindo estabilidade, pois era membro da CIPA eleito em 2004 e reeleito em 2006.

A administração da Leda e do João me demitiu a poucos meses da eleição sindical, onde minha chapa tinha grandes chances de vitória, haja vista, que a direção do sindicato fazia parte da mesa, vide o Vice-Presidente, percebeu-se também que estavam unidos com a direção do hospital implementando todas suas propostas que vinham contra os trabalhadores do hospital e que passada as eleições municipais de 2008 foram desmascarados pelos próprios funcionários e por nós do PSOL ao qual fizemos pronunciamento no congresso sobre os supostos desvios de recursos R$ 250 mil na época, hoje se sabe que passa de R$ 500 mil, forçando a direção a vir a público dizer que havia os desvios verdadeiramente.



Paulo Rogério Benites é oposição a “parte” da direção do sindicato junto de muitos colegas, que não aceitam o que fizeram conosco, foi assim em 2003 quando concorreu à presidência do sindicato. Sempre lutou pela nossa causa, depósito do FGTS, aumento salarial, melhores condições de trabalho, aumento da complexidade do hospital.

Entrei na justiça denunciei mo MPT as perseguições a membros da CIPA, fiz um “ACORDO” na JT com a casa, para participa das eleições sindicais e da CIPA de 2008, caso fosse vencedor seria reintegrado ao quadro funcional, mas a direção daquela época em conjunto a direção do sindicato fez tudo para me tirar do pleito, agindo até mesmo fora da lei, desrespeitando mandado judicial, cometendo atos lesivos ao hospital e a mim, realizando a eleição de qualquer jeito.





ATRAVÉS DA JUSTIÇA GARANTI MEUS DIREITOS

Ao descumprir o ACORDO a antiga direção do hospital, suspendendo várias vezes o pleito, para incluir novos nomes a lista, a pedido da direção do sindicato, pois sabiam que eu seria vencedor, realizaram as eleições de forma ilegal, manchando a imagem do nosso hospital, usando a instituição para conseguir seus objetivos políticos, somente me restou recorrer à justiça novamente, ao qual fui vencedor.



Acompanhem a SENTENÇA.

Esclarece, ainda, o Ministério Público no aspecto que inexiste amparo legal para que o empregador suspenda ou cancele administrativamente processos eleitorais referindo que a anulação ou correção de eleições para a CIPA somente poderão ocorrer por determinação do Ministério do Trabalho e Emprego, situações em que são garantidas as inscrições anteriores.

Assim declaro a nulidade da eleição realizada pela reclamada no dia 23-04-2008 para a CIPA de 2008, após cancelamentos irregulares com reiteradas reaberturas de prazo para inscrição de candidatos, o que é vedado pela legislação vigente examinada.

Determino, assim, a realização de novo processo eleitoral, no prazo de cinco dias, considerados para tanto àqueles candidatos inscritos quando da primeira convocação eleitoral realizada em 27-12-2007, dentre os quais figura o reclamante porquanto inscrito como candidato no curso da vigência de seu contrato de trabalho, consoante atesta o documento da fl.13.


A sentença é de 14/09/09, após procurei a direção do hospital para realizar a eleição, eles argumentavam que não teriam sido notificados, no mês seguinte o hospital infelizmente veio a fechar, agora com sua reabertura, informei ao juiz a não realização da eleição pedindo que seja realizada conforme sentença, o juiz deferiu a meu favor mais uma vez, o hospital foi notificado no dia 18 de abril de 2010, para comprovar a realização da mesma, sendo que até o dia 23 não o fizeram.


GARANTIAS

Vou garantir que a eleição seja democrática, transparente e que não tenha de maneira alguma como saber quem votou em quem, os colegas podem ficar tranqüilos se for preciso farei via judicial como tenho feito até aqui.

Este foi um dos motivos pelo qual procurei o Sr. Edemar no dia 5 de maio, além de também pedir que retire as demissões da direção do sindicato e dos membros da CIPA, reintegrando os colegas de imediato, também reforcei a necessidade de chamar os colegas que estão com os contratos suspensos, pois os mesmos estão sem salários a meses, passando por imensas dificuldades, havia um compromisso deles voltarem.

Sugeri também que fosse criada a comissão eleitoral para dar legitimidade à eleição, como também à criação da CIPA, haja vista que o hospital está funcionando sem CIPA comissão importantíssima para garantir a prevenção de acidentes no âmbito hospitalar e a discussão de melhorias das condições de trabalho para todos nós.




Este é meu primeiro documento, estou atento a principais necessidades dos colegas assim como do próprio hospital, continuarei lutando sempre como tenho feito, sem nunca abandoná-los, mas tenho certeza que se tiver a honra de contar com seu voto dia 18 de junho na eleição da CIPA de 2008, sendo eleito retornarei para o quadro funcional, será uma resposta para a sociedade que não pode esquecer-se do nosso passado e da nossa dor, das nossas lágrimas, dos nossos direitos.

Acompanhem meus textos e minhas propostas através de meu blog, email, ou fone, sugestões são aceitas também.

http://rogeriobenites.blogspot.com/

rogeriobenites@hotmail.com

Fone: 99665688

Paulo Rogério Benites é candidato a eleição da CIPA 2008 do Hospital Santa Casa de Misericórdia que se realizará no próximo dia 18 de junho de 2010, pré-candidato a deputado federal pelo PSOL nas próximas eleições e coordenador da campanha a governador do estado do Dr. Pedro Ruas do PSOL, membro do diretório estadual do PSOL, representante do mandato da deputada federal Luciana Genro, foi candidato a deputado federal em 2006, a prefeito em 2008, articulou emendas em beneficio do hospital num total de R$ 1050. 000 (um milhão e cinqüenta mi reais), que eles, administração, prefeito, vereadores e representantes dos governos não quiseram trazer, prejudicando enormemente o hospital, trabalhadores e comunidade como um todo. Paulo Rogério Benites sempre defendeu os direitos dos trabalhadores da área da saúde, assim como o próprio hospital e aos usuários do SUS. Em 2009 foi o mentor e articulador da “Frente em defesa da Santa Casa” sem ter mandato algum na câmara de vereadores, envolvendo todos os partidos políticos na discussão sobre a crise do hospital. Através de sua posição política convenceu a grande maioria da população de que havia saída para o hospital sim através da INTERVENÇÃO, municipal, mas parece que eles os governos e os políticos não querem saber onde foram parar os R$ 500mil, resolveram fechar o hospital, deixando a nossa população totalmente desamparada, demitindo 106 trabalhadores do hospital sem pagar ninguém até o momento, achando culpados pelas más gestões e desvios no hospital, para eles os Governos e os políticos de plantão foram o povo que não se mobilizou, os médicos e os funcionários que foram demitidos sem receber nada até o momento.



Vote em Paulo Rogério Benites, vote em quem nunca traiu os trabalhadores e sempre esteve em todas lutas.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

12 anos de Santa Casa de Misericórdia

                                              


  AÉREOPORTO DE ALMAS



         Hoje é um dia muito especial, pois há 12 anos eu iniciava minha trajetória na área da saúde como funcionário da Santa Casa de Misericórdia, desde então se passou muitas, manhas, tardes, madrugadas de domingos, feriados, 31 de dezembro, 1° de janeiro, de plantão abaixo de zero, chuva, sol de rachar, sempre estava lá, para cumprir com meus compromissos, momentos de alegrias, momentos de dor e tristeza, como o de hoje à tarde quando minha colega que está com o contrato suspenso, aguardava para ser chamada novamente, após reunião com a direção do hospital, soube que não a chamarão, começou a chorar” a gente dedica uma vida ao trabalho, para ser tratada como uma roupa velha que não serve mais e agora deve ser jogada fora”, realmente muito triste o que fizeram com a nossa classe nos últimos anos, mas principalmente com o fechamento do hospital por 5 meses e as mais de 100 demissões dos trabalhadores da Santa Casa.

A experiência de trabalhar em um hospital fez-me crescer muito como pessoa, principalmente no respeito ao próximo e a conhecer as necessidades dos seres humanos, saúde, alimento, amor, carinho, amparo, respeito, dignidade. Lidar com doença, com a vida e a morte também dignifica, nos faz refletir, sentir a dor de um pai que perde único filho, da mãe vê seu filho ir-se sem poder fazer mais nada, de famílias arrasadas, de doenças que matam aos poucos, câncer é uma delas, as pessoas repartem com os porteiros, com recepcionistas, enfermeiras. São poucos os que repartem os momentos felizes, do nascimento, da melhora de doença incurável, assim é o nosso trabalho, apesar de tudo se faz muitas amizades, conquistamos respeito, com honestidade, ética e amor a profissão, e de certa forma podemos dar sustento as nossas famílias.



        Sempre digo que o hospital é como se fosse um aeroporto de almas, ali chegam ao nascer e partem ao morrer. Vendo tudo isto que acontece com os pacientes, percebi que nós trabalhadores também estávamos necessitando de “cuidados”, pois não tínhamos FGTS depositado a anos, salário condizente com a profissão, condições dignas de exercer a profissão. Cheguei à conclusão de quem deveria reivindicar e lutar por nós, o sindicato da saúde não estava fazendo, consegui montar uma chapa de oposição em 2003, propomos desde então aumento da complexidade hospitalar, melhores condições de trabalho, luta salarial, e lutar pelo próprio hospital cobrando do Estado mais investimento na área da saúde.

Em 2004, fui eleito membro mais votado da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), reeleito em 2006, realizei um trabalho em conjunto com meus colegas da comissão voltado para dar condições dignas de trabalho para todos os colegas do hospital, os frutos até hoje são visíveis, decarpak (são caixas amarelas de papelão para colocar as seringas descartáveis), pisos antiderrapantes, as rampas, o telhado do pátio interno, etc., Além das campanhas de conscientização de cuidados dos perfuro cortantes, das vacinações, sempre levando informações de como evitar acidentes de trabalho a todos os setores do hospital, foi uma participação efetiva e de luta em defesa dos trabalhadores.

          No mesmo ano de 2006, para explicitar os problemas da saúde em especial dos trabalhadores da Santa Casa, dos usuários do SUS, e do próprio hospital, fui candidato a deputado federal pelo PSOL com o número 5080, propomos aumento da complexidade, construção de UTI neonatal, para que nossos filhos não morressem mais na estrada até Bagé, a UTI mais próxima.

O nosso objetivo era tornar-nos referência regional, aliar a UNIPAMPA com cursos na área da saúde, técnicos, enfermagem, médicos, para dar o atendimento digno para o nosso povo, atraindo investimentos do Estado para a nossa cidade, gerando emprego e renda. Entretanto a direção dita popular liderada pela Leda, sindicato e movimento popular, de popular não tinha nada, iniciou uma perseguição avassaladora contra mim, assediando moralmente, chegando ao ponto de me transferir de setor várias vezes para que eu não fizesse campanha, e o que é pior me colocaram em dois turnos a encher dezenas de garrafas de detergentes em uma peça fechada, como quem dizendo “o que tu pensa que é te coloca no teu lugar, porteiro, simples porteiro quer ser deputado federal, vê se pode”.

Com apoio dos colegas tive a CORAGEM de enfrentar e denunciar, estancando as demissões dos aposentados e as 100 demissões anunciadas pela direção na RBS dizendo: Quem deveria sair eram os que prometeram solucionar os problemas do hospital, e que somente agravaram.

Recebi o apoio dos meus colegas e de grande parte da população, perfazendo 1239 votos, votos estes que ajudaram a reeleger a nossa deputada federal Luciana Genro, no inicio de 2007, articulamos através do nosso mandato uma emenda de R$ 300 mil em beneficio do hospital, conseguimos articular com todos os deputados federais do estado mais R$ 750 mil em emendas de bancada, informamos o prefeito, vereadores, administração do hospital, envolvemos, representantes dos governos federais, estaduais para que se comprometessem em efetivamente trazer estes recursos que beneficiariam a nossa cidade como um todo, mas o que se viu de concreto, foi o descaso dos políticos e seus partidos, aliado a total incompetência acabou-se perdendo os recursos.



2008 em construção,

2009,,,, também,

2010...amanha continuo se Deus quiser.....

segunda-feira, 3 de maio de 2010

PSOL visita Associação de Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM


A deputada federal Luciana Genro, o presidente estadual do PSOL, Roberto Robaina, e o vereador de Porto Alegre e pré-candidato ao governo gaúcho Pedro Ruas estiveram nesta segunda-feira, 3, conhecendo a Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar. Eles foram recebidos pelo presidente da entidade, Aparício Costa Santellano, pelo vice-presidente Olivo dos Santos Moura e pelo diretor jurídico, Alex Sandro Caiel da Silva, pré-candidato à Câmara dos Deputados pelo PSOL. Santellano elogiou a coerência de Luciana na defesa de seus ideais, independentemente de partido, e declarou o apoio da categoria à candidatura de Caiel.

Ruas apresentou sua diretriz para a política de segurança em seu programa de governo: “Tive a oportunidade de conhecer Darcy Ribeiro – embora o tempo com ele nunca seja o suficiente – e ele tinha um ótimo conceito de segurança pública: emprego, moradia e educação. Com esses itens fundamentais, uma sociedade já melhora muito seus níveis de segurança. Depois, é valorizar os agentes de segurança, área em que entra a minha experiência como advogado trabalhista.” O vereador chamou a categoria a trazer suas reivindicações e entendimentos para construir um programa conjunto, e sugeriu que essa pauta seja entregue a todos os candidatos e cobradas suas posições e providências.


“Valorizar os servidores públicos, de uma forma geral, é nossa meta, construindo um programa a partir das necessidades e conhecimentos específicos de cada área. Especialmente na saúde e na segurança, que são as preocupações prioritárias dos gaúchos. E com razão, ontem ficamos sabendo que Porto Alegre lidera o número de furtos de veículos entre as capitais. Isso é inacreditável e inadmissível.” Ruas frizou a importância do programa de governo: “A maioria dos partidos não debate propostas, só alianças. O PSOL tem projetos, e isso faz a diferença.”

Alex Caiel lembrou que a segurança não tem sido tratada com o devido respeito nos últimos governo e que isso se reflete no dado de furtos citado por Ruas, na falta de acordo dos líderes em Brasília para a votação da PEC 300 (que estabelece a remuneração dos policiais militares e bombeiros do Distrito Federal como piso para a remuneração dessas corporações nos demais estados) e no mais alarmante: “O Rio Grande do Sul, que é o quarto maior PIB brasileiro, tem a pior remuneração para os militares.” Caiel também citou sua preocupação com a drogadição e mostrou dados de como programas específicos de combate às drogas, nas escolas, são capazes de reduzir a criminalidade e sensação de insegurança.

domingo, 2 de maio de 2010

Campereada, Grenal, Faustão, Prouni....



Assim caminha a humanidade,

Quando acesso o jornal a platéia, leio noticias requentadas do PT santanense participa de encontro regional, pela terceira vez na semana, a modo de que como se diz na roça?

Querem viés com o suposto governo?

Que eu saiba não há nada ganho, esquecem a indignação do povo com suas responsabilidades nos processos de CORRUPÇÃO, ao qual nós do PSOL colocaremos para a sociedade gaúcha com muita autoridade e competência.

As obras, ruas começaram a ser calçadas,,,,
vai vir a
virá a a...
como é mesmo
a a .a
vai vir
a sim

PSOL
neles
50


CAMPEREADA

Amanha sairá no jornal,

Os recursos públicos investido na campereada foram R$ mil, gerou xx,,,, empregos, e o total arrecadado foi R$xxx.,,,,.

Além da grande e positiva festa campeira, de culto a nossa tradição, foi confirmado a formação de grupos de jovens tradicionalistas que lutarão pela terra, através da reforma agrária com objetivo de produzir alimentos sem agrotóxicos, fixando o homem da fronteira no campo direito de todo o gaúcho, ou afinal ficaremos toda a vida cultuando, consumindo produto e serviços da tradição sem ter acesso a terra ao nosso chão? Somos descendentes do campo, da campanha e este será meu projeto, difundir minhas idéias, reforma agrária para nosso povo, os verdadeiros donos deste chão.

Será UTOPIA?
PSOL neles
50 neles



GRENAL

Inter 1 x 0 Gremio,

Todos ficam contentes, o Inter ganha no olímpico, o grêmio sai campeão, e “todos”, ficam felizes, seguem comprando produtos/serviços, tomando cerveja, fazendo chapa do outro.

TUDO COMBINADO.......

Alguém sabe me dizer Qual o Hospital que o Inter ou Grêmio ajudam, financiam?

Somente arrecadam milhões, bilhões de reais, e nós os amamos os consumimos, e o social como fica,,,,,,,,,,

PSOL neles
50 neles.....

FAUSTÃO

Ligo a TV vejo o Faustão com uma cara lá em baixo após cirurgia, emagreceu um monte e a cara dele tá caída, ta que é só cabeça o Fausto.....
As videos cacetadas é a única coisa que presta,,,,



PROUNI

Estou escutando agora no fantástico, burgueses, ricos que não poderiam participar do projeto recebem bolsas do PROUNI e mais R$ 300 reais por mês, é uma vergonha, temos que discutir estes desvios do PROUNI, alem da qualidade das universidades que estão recebendo os milhões de recursos públicos e não oferecem o serviço prometido. Como diria "Isso é uma vergonha"

Por isso que nós do PSOL sempre defendemos universidade pública e gratuita para todos,

É o povo percebe que nem tudo são flores.....

sábado, 1 de maio de 2010

Dia do TRABALHADOR....


Neste dia de luta e protestos em várias partes do mundo é importante a reflexão, estudar, buscar informações, que nos ajude a pensar, tentar perceber de onde sai à riqueza, qual é a relação das forças produtivas, das classes sociais.


Do trabalho dos homens é que sai a mais valia a riqueza de poucos exploradores que detém o capital e exploram aos milhões de seres humanos.

O nascimento da humanidade a mais ou menos 1 milhão de anos, “Comunismo Primitivo” foi o período histórico mais duradouro pelo qual passou a humanidade. Ou seja, ao contrário do que repetem aos analistas, que seria uma utopia sem chance de realização, o período histórico mais longo da humanidade, até hoje, foi esta a sociedade igualitária sem opressão nem classes sociais. Passando pelo modo de produção asiático, a pelo menos 8 mil anos atrás, sendo que nesse período foi marcado pelo surgimento da exploração do homem pelo homem, surgindo uma estrutura, um sistema de castas, no qual não existia propriedade e direito a herança, mas havia uma camada privilegiada, que dirigia e organizava a distribuição da águas. O Escravismo que sucedeu passou a ser conveniente conseguir força de trabalho, o que se logrou através da guerra, os prisioneiros foram feitos escravos. Dadas as condições gerais de então, a mudança na divisão do trabalho, ao aumentar a produtividade e a riqueza, tinha que trazer consigo escravidão, assim nasceu a primeira grande divisão da sociedade em duas classes: Senhores e escravos, explorados e exploradores.

No Feudalismo, nem mesmo o senhor ou o servo possuía terra, mas era ele próprio, arrendatário de outro senhor, mais acima na escala, o Rei. O estabelecimento de rotas para o Oriente trará um novo dinamismo a esse processo, que dará as atividades comerciais um destaque cujas conseqüências vão contribuir para a erosão das bases da ordem feudal. Os mercados se ampliaram cada vez mais a procura de mercadorias, o vapor e maquinaria revolucionaram, o processo de agrupamento de vários trabalhadores num mesmo local de trabalho especializou o tipo de atividade de cada um deles, ampliando em muito a produtividade do trabalho, mudando globalmente as feições herdadas do mundo feudal, surgindo então a burguesia, tinha por base a propriedade privada, o meu, e o agora a propriedade do dinheiro, os banqueiros.

O Capitalismo sistema que perdura até hoje, em sua fase globalizada, é um sistema social que concentra nas mãos de pouquíssimos o melhor de suas riquezas e condena uma parcela da população a miséria, á fome, gerando contingentes enormes de seres humanos que sobrevivem em condições precárias, isso, para não apontar grande caráter mundial como guerras, que se multiplicaram e ganham caráter mundial com a ascensão do capitalismo, e os desastres ambientais, cada vez mais presentes em nossas vidas.O Capitalismo caracteriza-se por sua tendência a concentração, quanto mais poucos ganham, tanto mais a maioria do povo fica na miséria, sendo que a pobreza desenvolve-se uma proporção ainda maior que a riqueza. Entretanto o Imperialismo, fase superior ao capitalismo, tem como característica principal a fusão do capital produtivo com o capital bancário, surgimento dos trustes, cartéis, monopólios, os trabalhadores impedidos de ter acesso a riqueza que produzem, penando com altos índices de desemprego e precarização do trabalho.

Surge também o proletário, os operários, ao qual sua força de trabalho é comprada, por muito pouco o quase nada, para que o salário não de para guardar nada, somente para comer, tendo que retornar a trabalhar mês a mês, até o fim de sua vida, deixando de herança  a prole seu filho para cotinuar a ser explorado.

Faço esse referencial histórico para que possamos numa linha do tempo, analisar a atualidade, o sistema que surgiu com a revolução industrial, a 200 anos nem sempre foi assim, e nem sempre será, a dialética da natureza nos diz que o mais certo é a mudança.

Estamos num período pós crise da bolsa americana, onde os recursos naturais estão exauridos, a poluição, a temperatura da terra, as guerras, a produção de alimentos para saciar o mercado e não os seres humanos, dão a tonica de uma sociedade globaliza em crise e que precisa urgentemente de mudanças, se não, será o fim do homem pelo homem.

É ai que surge a necessidade de construirmos uma ferramenta de luta dos trabalhadores, que não se vende e não trai seus ideais, esta ferramenta tem nome é PSOL.

Para distribuir realmente as riquezas que o homem produz a mais valia, não expandindo o credito como o governo Lula, não demitindo, ameaçando, perseguindo os trabalhadores com tem feitos os governos, vide YEDA/Wainer, abandonado o povo e os trabalhadores, nas quetões mais essenciais, saúde, educação, segurança, sem falar em habitação, esporte, cultura e diversão que seria obrigação do Estado.

Por tudo isto que o PSOL postula-se ao poder, venha fazer parte desta história, a nossa vez está chegando, vamos fazer a diferença porque construímos no passar da vida valores que não tem como nos tirar, ética, coragem para enfrentar os poderosos e denunciar os corruptos.

Hoje para mim é dia de reflexão, uns comemoram com churrasco o que é valido, outros não tem o que comemorar, estão desempregados, ou trabalham de forma precária, o que se percebe é que devemos lutar por dias melhores para nós e para nossos filhos, queremos dignidade para viver.

Desejamos a todos Feliz dia do TRABALHADOR, não foi atoa que millhares de homens e mulheres morreram por nós, continuemos a luta por dias melhores....