rogbenites@gmail.com

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Aplatéia protagonista das principais noticias do Estado, saiu na imprensa V.

Demarcação da Dor







O santanense Rogério Benites, que atualmente atua como diretor da Câmara Municipal de Porto Alegre, foi uma das lideranças políticas presentes ontem no ato histórico do Comitê Carlos de Ré, da Verdade e da Justiça, realizado na Capital do Estado. O Comitê é coordenado pelo vereador Pedro Ruas, do PSOL, e promoveu a demarcação simbólica do Palácio da Polícia como local onde foram torturados e mortos trabalhadores e trabalhadoras, estudantes e militantes de partidos de esquerda durante os anos mais duros do regime militar. Na época, o local era sede do Departamento da Ordem Política e Social, o temido DOPS, símbolo do exercício do Governo pela força. O ato contou com diversas figuras públicas que apoiam o Comitê, entre as quais a vereadora Fernanda Melchionna, a ex-deputada federal Luciana Genro, o candidato a Prefeito de Porto Alegre, Roberto Robaina, o ex-governador Olivio Dutra, deputados, secretários e representantes da área da Segurança Pública.



Saiu na Imprensa IV

PSOL e PCB decidem não apoiar nenhum candidato à prefeitura




PSol e PCB não apoiarão nenhuma das seis correntes políticas que consolidarão candidaturas à Prefeitura.


A decisão saiu das convenções partidárias, concretizadas com a formação do movimento denominado Frente de Esquerda PSOL e PCB Desperta Santanense. A aliança foi referendada pelos convencionais, com o foco de ambos os partidos em trabalhar para conquistar uma vaga no Legislativo. “Queremos fazer ali uma trincheira de luta em defesa dos trabalhadores e do povo pobre, contra a corrupção, fiscalizando o Executivo e propondo projetos para atender as demandas dos santanenses” – disse Rogério Benites, líder do PSOL.

Conforme ele, o evento marcou a oficialização das candidaturas a vereadores. Marco Antônio Silva Pintos e Jocemir Nunes concorrerão pela sigla.

Já o PCB informou através de sua direção que aprovou em sua convenção além da aliança com o PSOL os nomes de Oneider Vargas e João Manuel Senna Fialho para concorrerem à vereança. “O PSOL e o PCB decidiram também, na oportunidade, que não apoiarão nenhum dos candidatos a prefeito, pois os partidos que se apresentam, ou traíram os trabalhadores, ou estão envolvidos em processos de corrupção. Desta forma, somente o PSOL e o PCB podem e devem defender os ideais socialistas, libertários em defesa da classe trabalhadora” – disse Rogério Benites. “O momento é oportuno para que esta aliança política seja vencedora, haja vista o trabalho do PSOL, desde a sua fundação em 2005, lutando pelos trabalhadores e pelo povo pobre, destacando-se em defesa da saúde pública, principalmente na questão da Santa Casa, articulando emendas, envolvendo os governos no debate, o que fez com que a instituição reabrisse suas portas e voltasse a ter credibilidade”. Na ocasião, foi feita a filiação de Patrícia Yrigarai, cuja ficha foi abonada por Marco Antônio Pintos.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Pela Verdade e Justiça, Comitê Carlos de Ré...




Participei hoje do grande ato que demarcou o antigo DOPS atual Palácio da Policia aqui na capital, onde eram torturados e mortos membros de partidos políticos de esquerda, estudantes, trabalhadores e trabalhadoras, que ameaçavam a ditadura Militar no Brasil. Ato este coordenado pelo valoroso lutador Pedro Ruas que muito nos orgulha do PSOL.







 Sem Medo da Historia e da Justiça

O Comitê Carlos de Ré, da Verdade e da Justiça, faz um chamado a todos que defendem direitos humanos, democracia e o direito à memória histórica, para que se somem na luta por Verdade e Justiça.

Na historia recente do Brasil, o triste episódio da Ditadura Militar de 1964 a 1985 não pode ser “apagado” de nossa memória coletiva. Para isso, demanda-se a realização de Justiça. Em nome de “defender o pais dos perigos da esquerda”, o regime militar prendeu, interrogou e torturou milhares de brasileiros e matou centenas de estudantes, trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. Foram crimes hediondos que violaram os direitos humanos. Mas tudo isso ainda é muitas vezes negado diretamente pelos beneficiados pela ditadura e que ainda estão no poder. Assim, os documentos da ditadura, seus mortos e desaparecidos, são tratados como algo que nunca existiu.

Em países como Chile, Argentina, Uruguai e África do Sul, a concretização do direito à memória, verdade e justiça, foi, ou vem sendo, realizada. No Brasil, no entanto, esse processo é lento, o que beneficia os agentes e mandantes da tortura.

A criação da Comissão da Verdade no Brasil, que é fruto de pressão, significou importante avanço para esclarecimento da historia em um período onde houve violações dos direitos democráticos e humanos. No entanto, ao abrir mão de julgar os crimes da Ditadura, a comissão mostra-se limitada e, assim, a pressão da sociedade será fundamental para que esses crimes seja investigados, esclarecidos e punidos, já que ainda convivemos som entulhos da ditadura, como a divida pública, a concentração de terras, instituições antidemocráticas e uma policia militarizada que atua a favor da criminalização dos movimentos sociais e violenta especialmente a juventude pobre das periferias.

As vitimas, vivas ou mortas, seus familiares e o povo brasileiro, exigem que realize, também, a indispensável Justiça. É para isso que não aceitamos a idéia de a Lei da Anistia resolveu e encerrou o assunto, como também não aceitamos que a Comissão seja somente da Verdade, tanto que nosso Comitê é da Verdade e da Justiça. Não é possível anistiar quem torturou, estuprou e matou nos porões de órgãos como o DOPS e o DOI-CODI, a exemplo do que ocorria no “Dopinha”, da Rua Santo Antonio e na Ilha do Presídio, ambos em Porto Alegre.

Os crimes cometidos pela Ditadura Militar são crimes contra a humanidade e esses crimes são, por sua natureza, imprescritíveis, não sendo passiveis de qualquer anistia. A dignidade humana é inviolável em qualquer circunstância. E é em nome dessa inviolabilidade que se exige a punição dos responsáveis pelos crimes hediondos da Ditadura Militar. Queremos a VERDADE e exigimos a JUSTIÇA! Pela PUNIÇÃO AOS TORTURADORES!


Na foto abaixo Ewagner e mais três sobreviventes das torturas.



terça-feira, 26 de junho de 2012

Sairá na Imprensa....

 

PSOL e PCB juntos construíram a
“Frente de Esquerda PSOL e PCB Desperta Santanense”.

E homologaram seus candidatos à Câmara Municipal de Vereadores.

 


O Plenário da Câmara de Vereadores de nossa cidade foi o local escolhido, pois é lá que os dois partidos políticos agora unidos em uma aliança ideológica e programática denominada “Frente de Esquerda PSOL e PCB Desperta Santanense”, miram seus objetivos neste pleito que se aproxima. A Convenção Eleitoral Municipal do PSOL realizada no ultimo sábado dia 23 de junho veio a referendar esta aliança visando conquistar uma vaga no Legislativo Municipal, tendo como objetivo fazer ali uma trincheira de luta em defesa dos trabalhadores e do povo pobre, contra a corrupção, fiscalizando o Executivo e propondo projetos que venham ao encontro das maiores demandas do povo santanense. O evento marcou a oficialização das candidaturas a vereadores do PSOL onde concorrerá à vereança o combativo Marco Antônio Silva Pintos, popularmente conhecido com MARQUINHOS e Jocemir Nunes, liderança comunitária de altíssima relevância para o cenário político de nossa cidade, haja vista, sua atuação destacada nas questões do bairro Simão Bolívar e de nossa cidade como um todo. No ato politico o PCB informou através de sua direção que aprovou em sua convenção além da aliança com o PSOL o nome de Oneider Vargas e João Manuel Senna Fialho para concorrerem à vereança. O PSOL e o PCB decidiram também na oportunidade que não apoiarão nenhuns dos candidatos a Prefeito, pois os partidos que se apresentam, ou traíram os trabalhadores ou estão envolvidos em processos de corrupção, desta forma somente o PSOL e o PCB podem e devem defender os ideais socialistas, libertários em defesa da classe trabalhadora.



Em sua fala Rogério Benites Presidente da agremiação e atual Diretor da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, disse: “O momento é oportuno para que esta aliança política seja vencedora, haja vista, o trabalho do PSOL, desde a sua fundação em 2005, lutando pelos trabalhadores e pelo povo pobre, destacando-se em defesa da saúde pública, principalmente na questão da Santa Casa de Misericórdia, articulando emendas, envolvendo os governos no debate o que fez com que a instituição reabrisse suas portas e retornasse a ter credibilidade. Entretanto é importante a sociedade estar consciente de que o PSOL fez de tudo para manter a instituição de portas abertas, tanto na via judicial recorrendo às instituições indicadas, quanto a movimento político onde sem mandato algum construiu a “Frente em Defesa da Santa Casa”, este fato que manteve o hospital atendendo por alguns meses a população. Infelizmente a mesma veio a fechar suas portas por decisão única e exclusivamente política do Prefeito e dos Vereadores de nossa cidade. Segundo Benites este fato assim como os supostos desvios de recursos do hospital que veio a publico pelos meios de imprensa em novembro de 2008 e por denuncia do PSOL no Congresso Nacional através da então Deputada Federal Luciana Genro, pós-período eleitoral, não se pode esquecer de maneira alguma destes fatos, da mesma forma os processos de corrupção que se instalaram na câmara de vereadores de nossa cidade como os desvios de combustível, os bens que sumiram da secretaria de obras e de outras decisões políticas que afetam diretamente a vida do povo santanense, como os altos índices de desemprego, caos na saúde pública, aumento de tributos, taxa da água do DAE ao qual aumentou em 30% neste ano”.






O grande ato politico foi prestigiado por algumas lideranças comunitárias, dentre as quais ingressou na fileira partidária assinando a ficha de filiação no PSOL a valorosa e lutadora Sra. Patrícia Yrigarai, na foto abonada pelo companheiro MARQUINHOS.




sexta-feira, 22 de junho de 2012

Saiu na Imprensa III




PSOL realiza Convenção Eleitoral Municipal.


Rogério Benites e Marquinhos condenarão os trabalho

O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), realizará sua Convenção Eleitoral Municipal neste sábado dia 23 de junho a partir das 14:00 horas no Plenário da Câmara de Vereadores de nossa cidade, os trabalhos serão coordenados pelo Presidente da sigla política partidária Rogério Benites, ao qual deslocou-se da capital do Estado para junto com Coordenador local do PSOL Marquinhos organizar e coordenar os trabalhos da Convenção. A pauta da convenção é a seguinte: Informes sobre conjuntura internacional, nacional e local; apreciação dos filiados do partido quanto a Coligação com o PCB (Partido Comunista Brasileiro), formando a Frente de Esquerda, aprovara a nominata (as) de candidato (os) a Vereador pelo PSOL para o pleito 2012; discutir e aprovar as diretrizes da campanha; seguindo a linha política e ideológica do partido.

“Benites, faz o convite aos filiados e simpatizantes do partidos para que compareçam e participem deste ato político do PSOL, pois é de suma importância para a comunidade santanense, em especial para a classe trabalhadora de nosso município”.


terça-feira, 19 de junho de 2012

TEM ALGO ERRADO QUE NÃO ESTÁ CERTO

Leiam estas reportagens.
1° Prefeitura Municipal realizará concurso público para prover 660 novos servidores.





O prefeito Wainer Machado; o vice, Leonel Gornatti; o secretário de Administração, Eder Fialho; e o diretor da Secretaria Geral de Governo, Mateus Simas, protagonizaram o anúncio oficial da conclusão do projeto de lei que autoriza a realização de concurso municipal para provimento de vagas na administração pública, serão 660 funções. O concurso público ainda não tem data definida para realização, mas já pode ser considerado como um dos mais abrangentes dos últimos 20 anos, pelo número de oportunidades de trabalho para pessoas com ensino fundamental, médio, técnico, tecnólogos e bacharelado.

O primeiro mandatário, com o salão nobre Flores da Cunha lotado por representantes de instituições de educação, ensino e cursos técnicos e profissionalizantes, deixou claro que o projeto de lei insere profissões diversas, com formação técnica, tecnológica e universitária, bem como outras egressas dos cursos profissionalizantes locais.

“Esperamos a análise da Câmara Municipal, já realizamos, inclusive, e inserimos no projeto de lei o estudo de impacto para cada função, com as respectivas atribuições e critérios, em suas especificidades. É importante dizer que esperamos que o Legislativo faça a análise até o fim deste mês e, aí então, vamos realizar o processo de habilitação das instituições para chamar a licitação e publicar o edital” – disse Wainer Machado.

O vice-prefeito Leonel Gornatti lembrou que trata-se de um concurso público para provimento de cargos efetivos, sintetizando: “Os novos funcionários, nos respectivos níveis, terão obrigação tão somente com suas atribuições e, especificamente, com a comunidade santanense”.

Gornatti também acentuou a importância da provisão de recursos, com o específico estudo de impacto econômico, que permite já orçar o quanto o Erário Público terá que dispor para as futuras contratações dos selecionados no concurso. “Espero que a Câmara Municipal aprove no menor prazo possível, após as respectivas análises dos vereadores, conforme o encaminhado” – disse ele.

O diretor Mateus Simas fez a leitura do projeto de lei e explicou alguns pontos, referentes às vagas que abrirão para pessoas com os vários níveis de escolaridade, sendo 180 no ensino fundamental, 72 no médio, 48 no técnico, 7 no tecnológico e 353 no nível superior.

Simas fez, também, um relato da estrutura de cargos estabelecidos. Wainer Machado entregou o projeto de lei no Legislativo, na tarde de ontem.

Ao fim do ato, os representantes do Executivo deixaram claro que o anúncio teve como finalidade proporcionar as primeiras informações sobre a estruturação do concurso, vindo, posteriormente, a avaliação do Legislativo, os detalhes, bem como critérios e datas.



http://www.sdolivramento.com.br/new/index.php?pagina=noticia_detalhe_cf.php&id=961



2° Dívidas podem inviabilizar administração
(Saiu no jornal Aplatéia de hoje dia 19 de junho).


Preocupação. Desespero. Essas foram as palavras com as quais o prefeito Wainer Machado se dirigiu ao governador Tarso Genro, no último sábado, para explicar a situação da prefeitura municipal e pedir o alongamento de prazo para pagamento das dívidas do município. Ontem à tarde, o primeiro mandatário municipal confirmou que há risco de inviabilidade financeira da prefeitura e, portanto, fez a entrega de documento ao governador gaúcho.

“Estou desesperado, por isso fui até o governador pedir o alongamento do prazo para 120 meses, a fim de tentar equilibrar. Não interessa quem fez a dívida, o que interessa é que sou eu que estou pagando. Estão cobrando é do Wainer. Quando as pessoas não têm iluminação, quando passam pelos buracos das ruas, quando não veem investimentos em calçamento, é do prefeito Wainer que elas cobram. É natural que cobrem, mas precisam saber que em 14 meses, só de Pimes, pagamos R$ 3 milhões, 579 mil. Isso está comprometendo a situação financeira do município e poderá inviabilizar totalmente a administração do município. Além disso, há o Fundo dos Precatórios, que leva 1% da receita corrente por mês, ou seja, em torno de R$ 180 mil todo mês, desde 2010. Em três meses, pode faltar dinheiro para pagar a folha, se continuar assim. Não é choradeira, como dizem, é a realidade. Não conseguimos investir por isso: os pagamentos de altos valores inviabilizam” – desabafa Wainer.




TEM ALGO ERRADO QUE NÃO ESTÁ CERTO

“Senhores, tem algo errado que não está certo, qualquer criança já sabe se não tens dinheiro (recursos), não podes comprar ou adquirir nenhum bem ou serviço, isso é basilar na economia tanto pública quanto privada. No entanto ao anunciar o concurso o prefeito deveria ter realizado um amplo estudo anteriormente para verificar se havia ou não condições para tanto, tais como: o cálculo da repercussão financeira, previsão do aumento das receitas correntes liquidas, etc.....
          O que se percebe e agora se afirma que esta ação desesperadora do prefeito, não passa de uma jogada de marketing político, com viés eleitoreiro, e, que deve ser analisado pelo MP e pela JE. Pois criou ilusões aos cidadãos santanenses quando anunciou as mais de 600 vagas que se abririam na prefeitura municipal, e que apesar de estarem criando uma comissao entre os servidores para dar provimento ao concurso, certamente se caso saia o mesmo, não será do porte anunciado acima, não é mesmo?
Desta forma estamos estudando de entrar com uma representação nas instituições indicadas para que investigue a fundo estes fatos lamentaveis na administraçao de Sant`Ana do Livramento”.





segunda-feira, 18 de junho de 2012

Saiu na Imprensa II Avaliação Positiva




Avaliação positiva

Assim define o texto de hoje do Jornal Aplatéia na coluna Bastidores do competente e amigo Jornalista Édis Elgarte, acompanhem abaixo.


Principal nome do PSOL santanense e ex-candidato do partido ao Palácio Moysés Vianna nas eleições passadas, o atual diretor de Patrimônio e Finanças da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Rogério Benites, vem acompanhando de perto o processo eleitoral em Livramento. Esta semana, ele recebeu na capital do Estado a visita do popular Marquinhos do PSOL, coordenador local do partido, para discutir questões como o pleito que se aproxima. Marquinhos lembrou que o PSOL por sua história de luta em defesa dos trabalhadores não poderia ficar fora da maior festa democrática do Brasil, e desta forma organiza-se para apresentar uma representativa nominata para o Legislativo. “Serão opções contra a corrupção, de luta em defesa dos trabalhadores e de fiscalização veemente ao Executivo”, garante Benites.


domingo, 17 de junho de 2012

UTi Santa Casa até que enfim...

Dizer o que se pensa. Fiquei muito feliz com a inauguração da nova UTI na SAnta Casa, uma grande conquista de "todos", ao qual eu e muitos colegas do hospita iniciamos em 2003 com minha candidatura a presidente do sindisaúdeque, e que venho lutando por muitos anos. Este fato amenizará as demandas de saúde da população região e economica do hospital, óbviamente dos trabalhadores que poderão cobrar suas dividas do hospital. Outro fato que me motivou foi a inauguração do parque Eólico, certamente é um grande fato, aumentará os recursos do Executivo com o aumento do recolhimento de impostos. Entretanto os empregos já foram gerados, apartir de agora quem realmente ganha são as familias abastadas onde foram instaladas as torres através dos royalties R$ 5.000 (cinco mil por mês), os senhores poderão dizer mas já é alguma coisa, em partes concordo, já é algo, haja vista, que o governo Federal não investia na fronteira a mais de 20 anos. Porém, nós do PSOL entendemos que deva ter mais investimentos para gerar emprego e renda, diversificadas para os trabalhadores, e, iremos lutar para que isso aconteça, com viemos fazendo. Outro questão importante é que se aumentará estes recursos para o Executivo investir em diversas areas, quem fiscalizará? Pois como é de conhecimento de todos os veredores que estão com mandatos, estão quase que todos envolvidos nos processos de corrupção da Câmara de Vereadores, DAE, etc... Como alternativa de voto em defesa da saúde pública, educação de qualidade, geração de emprego e renda, fiscalizando o Executivo, propondo projetos que venham ao encontro do trabalhadores é que o PSOL está constuindo candidatura (as) ao Parlamento santanense. Aguardem noticias....

Rogério Benites do PSOL: PSOL de Sant´Ana do Livramento será alternativa co...

Rogério Benites do PSOL: PSOL de Sant´Ana do Livramento será alternativa co...: Diretor de Patrimônio e Finanças da Câmara de Vereadores de Porto Alegre Rogério Benites, reuniu-se esta semana na capital do Estado com o c...

PSOL de Sant´Ana do Livramento será alternativa concreta de voto ao povo santanense....

Diretor de Patrimônio e Finanças da Câmara de Vereadores de Porto Alegre Rogério Benites, reuniu-se esta semana na capital do Estado com o companheiro Marquinhos do PSOL, coordenador da agremiação partidária em Sant´Ana do Livramento para tratarem de diversos assuntos, dentre eles a de maior relevância certamente foi sobre o pleito eleitoral de 2012 que se aproxima. Marquinhos lembrou que o PSOL por sua história de luta em defesa dos trabalhadores não poderia ficar fora da maior festa democrática do Brasil, desta forma organiza-se para apresentar seus candidatos a vereança e a Prefeito no país inteiro. Em nossa cidade não será diferente o PSOL está construindo candidaturas à vereança para ser alternativa de voto ao povo contra a corrupção, de luta em defesa dos trabalhadores no Parlamento Municipal, fiscalizando o Executivo veementemente, propondo projetos que venham ao encontro das maiores demandas do povo santanense. Após os informes do companheiro o Diretor Rogério concluiu que o trabalho desenvolvido por Marquinhos está sendo de fundamental importancia para não somente deixar sua história viva mas a mais importante a do partido do PSOL, ferramenta de luta da classe trabalhadora, afirmou Benites.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Saiu na Imprensa

Acompanhem no site do jornal Aplatéia no dia de hoje 15 de junho, na coluna do Duda Pinto De Leve, , email que envie para ele sobre a calamitosa situação do banheiro da praça General Osório. Lógicamente com cortes e novo formato, mas o importante que foi divulgado. Aos que acessam meu blog para ter uma visão diferente da sociedade santanense devem acessar a postagem. Livramento cidade simbolo do Mercosul? Pois ali está na integra texto que enviei e a minha posiçao sobre o assunto. Tenham todos uma boa leitura. http://jornalaplateia.com/ Para nos inspirarmos no final de samana em todos os sentidos....

quinta-feira, 14 de junho de 2012

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Livramento cidade simbolo do Mercosul?

Livramento Cidade Símbolo do Mercosul? Vergonha, vergonhosa que termo usar para descrever o estado deplorável em que se encontra o banheiro público da praça General Osório, esta praça é ou deveria ser nossa principal referencia, pois em seu entorno está localizado nossas instituições de maior relevância, que ao longo do tempo construíu nossa história, através das pessoas e de seus prédios históricos, onde qualquer “turista” vai para conhecer a historia do povo ao qual visita. Nesta praça estão abrigadas árvores seculares com destaque para uma palmeira imperial plantada por Dom Pedro I, hoje considerada patrimônio cultural, ali está o antigo Fórum, atualmente ocupado pela Secretaria de Turismo, o Prédio do Museu Davi Canabarro, construído em estilo neoclássico, ao qual abrigou antigamente o Banco do Brasil, atualmente é a Secretaria de Educação do Municipio, o Clube livramento, a Escola Rivadavia Correia, o Banrisul, a Igreja Matriz, a Prefeitura Municipal, a Uergs com seu estilo arquitetônico que salta aos olhos pela sua beleza única na cidade. A culpa afinal é de quem ? Estou enviando para a imprensa escrita estas fotos que tirei no sábado dia 09/06/12. Vocês verão que eles a imprensa ou os verdadeiros responsáveis o poder publico municipal o Prefeito de Livramento Sr. Wainer Machado e seus aliados políticos e os Vereadores colocarão a culpa no povo, dizendo que limpam, organizam o banheiro, mas o povo é que é mal educado, o povo é o verdadeiro culpado pela situação em que se encontra a nossa praça, vocês verão. Mas nós do PSOL denunciamos aqui, dizemos a verdade à pura verdade em que se encontra a nossa cidade, não só o banheiro da praça General Osório, mas quase toda a cidade de Livramento, atirada ao léu, às escuras, as ruas cheias de buracos, sem governo algum. Enquanto do outro lado em Rivera mais de 30 mil turistas deixam mais de U$ 1.000.000,00 (um milhão de dólares por dia), em compras, nós nos contentamos com os ganhos do ramo da hotelaria, postos de combustíveis, e dos restaurantes, esta é a cidade turística que queremos? PSOL é um partido necessário, nós temos projetos, por isso estamos lutando para sermos uma alternativa concreta de luta no Legislativo Municipal em defesa da classe trabalhadora, fiscalizando o Executivo e propondo projetos que venham ao encontro da maiores necessidades de nosso povo, na geraçao de emprego e renda, saúde, educaçao, Gestão Pública e Desenvolvimento. PSOL um novo partido contra a velha politica. Na foto o Coordenador do PSOL companheiro Marquinhos.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Intimidar nossas lutas? Afirmamos, nâo consiguirâo

Psol repudia ataque contra sede e exige investigação Porta de entrada do partido em Porto Alegre foi queimada Porta de entrada do partido em Porto Alegre foi queimada Crédito: Vinicius Roratto Porta de entrada do partido em Porto Alegre foi queimada Crédito: Vinicius Roratto O presidente estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSol), Roberto Robaina, repudiu o ataque à sede do partido ocorrido na madrugada desta quinta-feira na Cidade Baixa, em Porto Alegre. "Não sabemos quem foram os responsáveis por este crime, mas não nos parece que tenha sido mera ação de vândalos", declarou em nota enviada à impresa. "Queremos a investigação imediata sobre o que ocorreu. Cobraremos esta investigação do governo estadual", reivindicou Robaina. Segundo a nota, a entrada principal da sede foi forçada e ateado fogo com gasolina na porta. A invasão não teria ocorrido porque depois da porta de madeira há outra de ferro. "Somos conscientes de que a luta de nosso partido pela justiça na comissão de verdade, nosso combate à corrupção, nossas denuncias contra o Partido Progressista (PP) como herdeiro da Arena, que foi o partido da ditadura militar, e nosso apoio às lutas sociais incomoda diferentes grupos de direita e de extrema direita que tentam se organizar em nosso Estado