rogbenites@gmail.com

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Aplatéia informa sobre lider do PSOL Rogério Benites.



Santanense ocupa cargo técnico-político na capital gaúcha

Rogério Benites do PSOL está á frente da DPF Diretoria de Patrimônio e Finanças da Câmara de Vereadores de Porto Alegre gestão 2012, indicado pela ex-Deputada Federal Luciana Genro e pelo presidente Estadual da sigla Vereador Pedro Ruas, Benites assumiu no inicio deste ano a relevante tarefa política e técnica ao qual foi incumbido pelas lideranças estaduais de seu partido.

Rogério Benites tem sob sua responsabilidade gerir o orçamento da Câmara de Vereadores da capital, num montante de R$ 86 milhões, 02 seções e 07 setores estratégicos do poder legislativo, assegurando desta forma o controle do patrimônio e a execução orçamentária e financeira, controlando recursos necessários à implementação das atividades inerentes aos processos da Câmara Municipal.

Benites tem sua história de luta construída na área da saúde atuando por 14 anos no Hospital Santa Casa de Misericórdia, articulando emendas em beneficio de nossa cidade através do mandato da ex-deputada federal Luciana Genro para área da saúde, educação e geração de renda, formado em Administração de Empresas, foi candidato a Deputado Federal em 2006 e 2010 e a Prefeito em 2008, destacou-se nas denuncias de corrupção que desviou R$ 500 mil dos cofres do Hospital de nossa cidade, é o único que cobra da sociedade o encerramento do inquérito da PF.


Em 2009 foi mentor da Frente em Defesa da Santa Casa, movimento que envolveu todas as representações políticas, tendo por objetivo evitar o fechamento da mesma, tendo conquistado por seis meses, garantindo desta forma o emprego para mais de 300 trabalhadores e o atendimento a população santanense em especial aos usuários do SUS, antes de seu fechamento em outubro de 2011.


Perseguido politicamente pela sua atuação em defesa dos direitos dos trabalhadores e do próprio hospital foi despedido injustamente em 2007, após batalhas judiciais venceu, sendo reintegrado ao quadro funcional da Santa casa em 2010. Assediado pelo provedor e a direção da Nova Santa Casa, Benites foi novamente demitido em março de 2011, por realizar no hall de entrada dos funcionários uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, água e material de higiene para os desabrigados da cidade de São Lourenço do Sul, ao qual tinham sido vitimas de uma enchente que destruiu a cidade matando oito pessoas e deixando milhares de desabrigados, encerrando desta forma sua participação na entidade de saúde de nossa cidade.

Certamente a nossa liderança galgará vôos políticos maiores, tendo em vista a importância do cargo que está a frente e a experiência adquirida na Administração Pública praticada na capital dos gaúchos.