rogbenites@gmail.com

sábado, 10 de julho de 2010

Somos os ùnicos candidatos que temos lado para defender e proposta a apresentar, PSOL 50



Em  entrevista ao jornal Correio do Pampa deste final de semana, podemos perceber que somos os ùnicos candidatos deste pleito que tem lado, ou seja, do lado dos trabalhadores e do povo. Portanto aos que acompanharam as entrevistas dos candidatos, fica claro que eles estao com os governos corruptos, e nao possuem propostas concretas para solucionar os problemas de nosso povo.

Acompanhem a minha  reportagem

O Que levou você a disputar esta vaga?


Livramento tem vários representantes políticos, tanto a nível federal estadual e municipal, entretanto falta qualidade e comprometimento com os trabalhadores e com o povo santanense, vide o fechamento da santa casa por 5 meses.
Os governos abandonaram totalmente a nossa cidade e região, estamos perdendo investimentos, na geração de renda, saúde, segurança e educação, pela visão estreita e interesse pessoal destes representantes.

Portanto quero ser alternativa política ao povo santanense e da região, tenho demonstrado trabalho vou dar continuidade ao que vem sendo desenvolvido pelo PSOL, sendo através do destino de emendas em beneficio de instituições, como UERGS, Santa Casa ou para o município, para construção de creches públicas e gratuitas e postos de saúde. Vou seguir o exemplo coerente de luta da nossa deputada federal Luciana Genro, na luta contra a CORRUPÇÃO, em defesa dos trabalhadores e do povo.
Vou lutar pelos aposentados, juventude, por distribuição de renda, tributação das grandes fortunas, em defesa das mulheres, em defesa da educação e principalmente em defesa do Rio Grande do Sul.

Quais os principais Objetivos?

Para mim a saúde está em 1˚ Lugar, vou continuar a luta que venho desenvolvendo na Santa Casa de Misericórdia a 12 anos, articulando emendas, denunciando os desvios de recursos do hospital, construindo a Frente em defesa da Santa Casa lutando contra a corrupção.

Agora reintegrado ao quadro funcional, com mais força e responsabilidade, para manter o hospital de portas abertas atendendo a população e garantindo os direitos dos trabalhadores, através saúde pública e gratuita através do SUS.

Educação Pública e gratuita de qualidade com as escolas estaduais em turno integral. Com a presença constante dos pais e do Estado (Brigada Militar), Valorização dos professores e funcionários, com investimentos advindos da renegociação da divida com a União, ao qual faremos através de uma auditoria.

Valorização da UERGS, com novos cursos na área da saúde em livramento, tendo objetivo formar médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem, em conjunto com a “Estadualização do Hospital Santa Casa de Misericórdia”, gerando emprego renda e desenvolvimento na região.

Geração do Trabalho e renda, através da construção milhares de casas populares, subsidiadas pelo governo do estado, preferencialmente para mães e chefes de família de baixa renda ao qual não se enquadram nos programas do governo federal com PMCMV.

Nenhum comentário: