rogbenites@gmail.com

sábado, 10 de julho de 2010

Jaqueline Martins nossa candidata a Dep. Estadual 50180 em entrevista para o Correio do Pampa




O Que levou você a disputar esta vaga?


Quero ser uma representante das mulheres santanenses na assembléia legislativa, sendo que uma das obrigações dos deputados estaduais è de fiscalizar os atos do executivo. A assembléia Legislativa não tem cumprido este dever. Por ter formação política, posição firme e coerente em defesa dos trabalhadores e do povo esta fiscalização será exercida e a corrupção combatida. Se o povo santanense e da região me derem a honra de seu voto vou ser seu porta-voz. O povo está cansado da velha política, do troca-troca, onde sempre os mesmos se revezam no poder. Sendo que o PSOL postula-se como alternativa de poder ao povo gaúcho e santanense.

Penso que os eleitores devem saber que sou acadêmica de direito, evangélica, casada, mãe, integrante do diretório municipal do PSOL de Sant’Ana do Livramento.

Quais os principais Objetivos?

Minhas propostas estão voltadas para a classe trabalhadora, a população mais pobre, principalmente para as mulheres chefes de família. Pois em sua maioria encontra-se em exclusão social, sofrendo todos os tipos de violência. È preciso dar dignidade para estas mulheres e suas famílias.

O Estado deve investir em programas que disponibilizem oficinas profissionalizantes e crédito para formação de cooperativas, proporcionando a geração de trabalho e renda, através da auto-sustentabilidade.

É preciso, ainda, maiores investimentos em medicina preventiva e aumento da complexidade dos hospitais filantrópicos que atendam pelo SUS, com UTI’s neonatal, centros de tratamento para o câncer e equipamentos para diagnósticos mais rápidos e precisos.

Amplo trabalho para a prevenção de doenças e controle da natalidade através da conscientização.

Investimento imediato nas famílias em situação de exclusão social, com a construção de moradias, investimentos na educação pública, através da escola em turno integral e ampliação e estruturação da UERGS.

Nenhum comentário: