rogbenites@gmail.com

domingo, 30 de maio de 2010

Jaqueline Martins Pré-candidata a deputada estadual pelo PSOL santanense



PSOL santanense abona o nome de Jaqueline Martins para concorrer a uma vaga na assembléia legislativa como pré-candidata a deputada estadual pelo Partido Socialismo e Liberdade



O PSOL santanense sob o comando de seu presidente e pré-candidato a deputado federal Rogério Benites reuniu a executiva do partido socialismos e liberdade na tarde do último sábado para que em conjunto com núcleo das mulheres, aposentados e juventude aprova-se o nome da companheira Jaqueline Martins como pré-candidata a deputada estadual, o nome de Jaqueline já havia sido cogitado pelo presidente estadual da sigla Roberto Robaina pela sua liderança e organização interna coordenando o grupo de mulheres do partido.

Segundo Rogério Benites a indicação de Jaqueline Martins vem ao encontro das principais bandeiras democráticas e socialistas, pois o objetivo desta candidatura é valorizar as mulheres mães de nossa cidade, proporcionando a elas a oportunidade de defender suas vidas e de seus filhos com propostas concretas que venham suprir suas necessidades sociais aos quais os governos de plantão não as tem proporcionado. O partido tem proposto à construção do programa de governo a valorização das mulheres, tendo o orgulho de ter a frente deste processo o companheiro Pedro Ruas pré-candidato a governador ao qual apresentará a sociedade gaúcha no seguinte período. Necessitamos de mulheres comprometidas com o povo e com os trabalhadores que demonstrem a população que há sim outra forma de fazer política valorizando a ética, coerência e a luta contra a corrupção.



Entretanto para Jaqueline a importância do momento faz com que tenhamos que enfrentar nossos maiores desafios, a discriminação por ser mulher, falta de emprego, habitação, saúde e políticas sociais de verdade que realmente beneficiem as mães e mulheres da região em especial as santanenses. Segundo Jaqueline os governos e seus partidos que estão no poder nada fizeram para suprir as maiores necessidades sociais, nos abandonando por completo, vide o fechamento do Hospital Santa Casa, pelo período de 5 meses e a demissão de mais de 100 trabalhadores sendo na sua grande maioria mulheres mães que estão passando por grave situação financeira porque saíram sem receber nada na hora das demissões. Estas práticas de minorizar o papel da mulher em nossa sociedade tem que acabar por isso a necessidade de termos uma mulher que sente as dificuldades do dia-a-dia para lutar com os mesmo ideais das nossas maiores lideranças seguindo o trabalho e o exemplo de Heloísa Helena e Luciana Genro que muito tem feito pela nossa cidade, eu agora quero lutar por melhores condições de vida para o nosso tão sofrido povo na assembléia legislativa com orgulho de ser mulher mãe e do PSOL





Rogério Benites 31 de maio de 10

Nenhum comentário: