rogbenites@gmail.com

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Santa Casa de todos nós?

         Como não poderia ser diferente, até mesmo pela minha história o primeiro ou a primeira postagem de meu blog é a respeito do Hospital Santa Casa de Misericórdia.
No jornal de domingo, foi anunciada a ajuda ao hospital, onde o Estado entrará com R$ 1.800 ( Um milhão e oitocentos mil reais), para a reforma da pediatria e a consturção da UTI  tipo ll. A prefeitura aumentará seus repasse de R$ 230 mil para R$ 420 mil e assumirá os funcionários que segundo os técnicos do Mãe de Deus terão que ser demitidos, nos programas SAMU salvar que estará um funcionamento dentro de 90 dias e no UPA (Unidade Pronto Atendimento), que será construida em nosso municipio, segundo o prefeito.

         Se de fato os recursos vierem para a construção da UTI aumentando as receitas do hospital será uma vitória realmente, agora reformar a pediatria que era uma das mais conservadas alas do hospital e que recebeu a alguns dias atrás a devida atenção do pessoal da ACIL, é algo contraditório. Assim como é contraditório a posição de Wainer que afirmava viemente que não colocaria recurso algum no hospital e agora quase que duplica o repasse. A sociedade deve saber o quanto destes recursos serão realmente destinados ao hospital para cobrir seus custos e quanto serão para pagar o complemento dos salários dos médicos, nós do  PSOL vamos cobrar estas informações.

        Se os atores políticos que detém o poder tivessem compromisso com o povo, o hospital não estaria fechado a tres meses, se os governos LULA/YEDA/WAINER tivessem trazidos nossas emendas que beneficiava o hospital em 2007, a situação certamente seria outra, aumentaria-mos a complexidade, construindo uma UTI Neonatal por exemplo, adquiria-mos equipamentos para neurocirurgia.  Propomos na época e continuamos a propor  a FEDERALIZAÇÃO  do hospital, para que os pacientes SUS recebam o atendimento digno e para que o hospital seja referencia positiva na região,  desta forma não sofrerá nunca mais com más administrações, corrupção, falta de depósitos do FGTS.

         Entrento o que é de fundamental importancia  é a reabertura do hospital, o mais breve possivel, é inadmissivel uma cidade do porte de Livramento ficar tres meses com o único hospital que atende pelo SUS  a população estar de portas fechadas pela incopetencias dos governantes, que usam esta instituição centenária para manobras e interesses políticos. O que de fato concreto e ficará na história é de que nos governos  LULA/YEDA/WAINER o hospital fechou suas portas para a comunidade.


Nenhum comentário: