rogbenites@gmail.com

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Algumas indagações sobre texto da Santa Casa...

Recebi um fedeeback de um amigo com estas indagações que quero repartir com os leitores e com o povo santanense.

E O POVO O POVO DEVE PAGAR PARA MANTER ESTES 30% NO EMPREGO????????

Quero dizer inicialmente, que a indagação, contradição, discordar e concordar, com o que escrevo, penso e realizo é fundamental para que possamos construir uma sociedade mais justa e igualitária.

´É necessário sabermos que nós o povo pagamos com os impostos, que estão embutidos em todos os produtos e serviços, pagamos muito caro, para que tenham uma idéia a carga tributária no Brasil hoje está em 39% no PIB, ou seja, temos que trabalhar 4 meses para pagar impostos ao Estado (União, Estado e Município), que deveriam nos proporcionar segundo a constituição Saúde, Educação, Segurança......

E o que temos? hospitais fechados, pacientes sem atendimento, desvios de recursos, corrupção, falta de medicamentos, falta de leitos, mais corrupção, narcotráfico, prostituição, desemprego etc..... Então é necessário distinguir entre o que é público e privado, público como bem diz a palavra é de todos, deve ser usado, ou, investido em beneficio da coletividade, privado é de pessoa física ou jurídica de interesse próprio, ou, que tem dono. O que é público, principalmente os recursos públicos nos interessa e muito, pois devem ser em beneficio da coletividade, deve ser investido para suprir as necessidades sociais do povo, essencialmente dos trabalhadores, e não ser desviado para a iniciativa privada, ou grupos empresariais que investiram nas campanhas eleitorais dos governantes.

Todos devem ter acompanhado o noticiário a respeito da Santa Casa, lembram-se do ano de 2008, podem pesquisar no site da Platéia, julho e agosto de 2008, o hospital estava no auge, tinha gestão da qualidade, gestão financeira.
Naquele momento a Santa Casa chegou a ter 398 funcionários, vocês sabiam?

Criaram vários cargos, com altos salários, recebendo em dia, os funcionários repercutiam o que a direção queria, o hospital esta muito bem obrigado, lá estiveram no período eleitoral, o candidato Wainer, reafirmando que se ele fosse eleito, o hospital continuaria sendo referencia, e, que os trabalhadores continuariam recebendo em dia. Lá também estiveram os candidatos, Ico e Elifaz, fazendo as mesmas promessas, firmando os mesmos compromissos, inclusive o diretor Sr. João, investigado pela PF pelos desvios, ao qual foi indicado pela candidata assessora de Eliseu Padilha (envolvido na corrupção do Detran), hoje vereadora Carine e abonado pela direção do sindicato e que seria o secretário da Saúde do governo do Ico.

Porque será que nós, tendo uma candidatura a prefeito, que defendia o hospital, que queria aumentar sua complexidade não fomos convidado a palestrar no seu interior?

Porque denunciamos a corrupção e provamos que lá existia, (Vide desvios de mais de 500 mil), nós lutamos pelo hospital e pela saúde á muito tempo (Vide mais de 1 milhão em emendas destinados ao hospital pela nossa deputada federal Luciana Genro e também 500 mil para construção de postos de saúde). Lutar pelo hospital é lutar pelos trabalhadores, lutar pelo emprego, pelos usuários dos SUS. Nós propomos tratar os funcionários com respeito e dignidade, pois sabemos e reconhecemos sua importância, valorizamos seu trabalho e sempre vamos valorizar.

Qualquer cidadão sabe que são as pessoas que levam as instituições para frente, sempre foi assim com a Santa Casa, os funcionários sempre foram os sacrificados, imagine estar sem o FGTS há 19 anos, com perdas nos salários, serem ameaçados, filmados, observados, explorados durante todo este tempo, dar carinho e atenção para toda a comunidade, passar noites acordados com um copo de leite frio em um pãozinho, passar noites abaixo de geadas em bancos de madeira, muitas vezes sem receber, bota ter amor na profissão.

Quando os governos LULA/Yeda/Wainer os abandonaram definitivamente, fechando o hospital aceitando as demissões, eles, os trabalhadores, ainda tem que pagar a conta, serem demitidos sem indenização, há de concordar, é demais a injustiça que estão fazendo os governos e os governantes de plantão. Falo e tenho esta posição porque ali tem recursos públicos, do Estado nos três níveis, sendo assim deve ter responsabilidade social, manter o emprego, gerir bem estes recursos, possibilitar transparência é o mínimo que podemos exigir.

Nenhum comentário: