rogbenites@gmail.com

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Teatro dos donos do hospital

Hoje foi decerrada a placa monumental em frente a Santa Casa, para ficar como um simbolo da luta dos trabalhadores pelo hospital e pelos empregos.

Estive em todas as plenàrias, mesmo sendo escurraçado pela direçao do sindisaùde, enquanto eu provava que eu era mesmo funcionàrio do hospital, sempre fiz parte da oposiçao sindical, todos que là estao e os mais de centenas que foram demitidos nestes ùltimos anos sabem da TRAIÇAO da direçao do seu sindicato e principalmente da relaçao patronal ao qual sempre mantiveram com as direçoes tanto do hospital quanto clinicas e de sua participaçao na direçao CORRUPTA que desviou mais de R$ 500 mil da instituiçao.

Entretanto, a sua maioria dos presentes aceitou participar do teatro montado para homenagear os donos do hospital, a direçao do sindicato, o prefeito, um represetante dos mèdicos, um da associaçao, os representantes do vice-prefeito, os politicos da federaçao, dos movimentos sociais.

Eles armaram tudo, tudo mesmo, ninguèm pode se manifestar, estava tudo pronto mais uma vez, è triste, muito triste a visao retrògrada e pequena desta direçao, pensam que dominam os trabalhadores e ao povo, receberao as respostas nas urnas, como a todos os governos que fecharam o hospital.

A decissao de fechar o hospital foi politica, assim como sua reabertura somente aconteceu por ser um ano eleitoral e por pressao da sociedade.

Ou seja, o povo ajuda e eles se enchem de dinheiro e poder usando a instituiçao economicamente e politicamente.

A ùnica maneira para acabar definitivamente com essa situaçao e prestar um serviço de saùde de qualidade para a nossa populaçao tao sofrida è a " Estadualizaçao do Hospital Santa Casa de Misericòrdia", tornando totalmente SUS, com investimento do estado, como foi feito na semana passada no hospital Independencia de Porto Alegre, acabando de vez com a CORRUPÇAO  e com o aparelhamento politico existente là, ou alguem duvida que o grupo do Wainer-Gornati è que estao mandando e desmandando là dentro?

Nenhum comentário: