rogbenites@gmail.com

domingo, 31 de julho de 2011

Tarso Genro come massa requentada?

Tarso Genro come massa requentada?


Massa requentada,



Logo que iniciei meus estudos na escola Saldanha Marinho, participei também de um grande projeto Social chamado CEBEM ( Centro Bem Estar do Menor), para alunos carentes, na Escola Agostinho Asconavieta e que hoje não existe mais, nem a escola e nem o projeto. Lá aprendi muitas coisas, dentre elas a dar maior atenção e valor a alimentação. Sempre tive o que comer em casa, porém a grande maioria dos alunos que freqüentavam não tinham, passavam fome mesmo, e o que mais chamava a atenção era o cardápio, engrossado de farinha com patas e cabeça de galinha, era devorado por todos, ainda espalitava-mos os dentes com o bico da galinha.



Mas o que de fato tem a ver está história com a atualidade? e a realidade concreta?



É que eu sempre fui e sou pobre, acostumado a vida simples e a comer comida simples, muitas vezes os pobre tem que requentar a comida que sobrou de outro dia para comer, desta forma se alimentando e não desperdiçando o alimento, tão sagrado para nós, povo pobre e trabalhador e que está caríssima.



Entretanto, nos últimos anos comecei a prestar a atenção em outros tipos de REQUENTAR, um exemplo: São as noticias requentadas, que os jornais publicam duas ou mais vezes, para fincar na mente dos leitores, parecendo que estão fazendo alguma coisa, o que é de certa forma normal para quem está no poder.



No entanto a Interiorização do governo Tarso Genro, além do assédio de representantes econômicos, e políticos, antes econômicos pois todos que estiveram com Tarso somente pensavam nas portas econômicas que o governador pode abrir para seu grupos econômicos, não houve nenhuma novidade, infelizmente para a população da fronteira, Tarso irá pagar as mensalidade atrasadas da UTI provisória da Santa Casa, R$ 450 mil, além de anunciar através da ministra Maria do Rosário que emitirá certidões de nascimento no próprio hospital, sendo que a ministra cometeu uma grande gafe, dizendo que este projeto é para cidades que realizam mais de 300 partos por mês, vejam a total desinformação, e as assessorias onde estão?

Livramento realiza no máximo 60 partos mensais.



Ao invés de discutir e propor soluções concretas para a exploração sexual de nossos adolescentes, pelo narcotráfico, e o trabalho escravo de brasileiros nas fazendas de plantações de pinos no Uruguai, a ministra Maria do Rosário requentou mais uma, pois o projeto que ela anunciou como novo, já existia no governo federal, eu mesmo antes de ser demitido em 2007 havia indicado a direção do hospital a participar, pois aumentaria a receita do hospital.



Particularmente, esperava mais do nosso governador,como fez em Bagé ao anunciar a construção de uma estrada estadual, será que lá em Bagé as coisas fluem porque a prefeitura é do PT? O que demonstraria de fato a fragilidade do governo Wainer? A culpa é nossa, da própria sociedade, pois não há contradição e quem pensa diferente em Livramento é excluído socialmente, ou tentam como no meu caso.



Construí um grande projeto, o da construção do Hospital Público em Livramento, projeto de governo do próprio governador quando candidato, porém, não há interesse pelos poderosos, que estão no poder e seu aliados econômicos que este hospital venha a ser construído.



Tenho como trunfo um pedido que fiz a Deus e o respaldo da filha do governador Luciana Genro minha eterna deputada federal, Luciana fará chegar até Tarso a carta que escrevi a ele em nome do povo santanense, e quando ele sentar a mesa para comer com sua família e olhar para Luciana lembrará de Livramento, lembrará que deve deixar uma "obra" para o povo da fronteira, esta obra é o hospital público totalmente SUS, pois na próxima visita Tarso não suportará mais seus puxa sacos, e nós seus anúncios requentados, e sim novidades concretas e reais para o povo da fronteira.



Como dizia o Uerta um colega que jogava comigo no 14 de julho, vai comer dessa massinha

Nenhum comentário: