rogbenites@gmail.com

quarta-feira, 16 de março de 2011

Tarso Genro, entre a cruz e a espada....

Porque Rogério Benites quer que seja construído um novo Hospital totalmente Público 100% SUS (Sistema Único de Saúde) em Santana do Livramento, se ele è funcionário do Hospital Santa Casa de Misericórdia?


Em primeiro lugar è importante destacar a luta permanente que tenho feito pela saúde pública em nosso município e região, seja em defesa dos direitos dos trabalhadores da área da saúde, em especial em defesa dos direitos trabalhistas e do próprio emprego dos trabalhadores do Hospital Santa Casa e do próprio hospital, ou seja, destinando emendas parlamentar, através do mandato da ex-deputada federal Luciana Genro do PSOL, em beneficio da comunidade como um todo, para construção de postos de saúde ou para investimentos na Santa Casa, tendo como objetivo fundamental, manter o hospital de portas abertas atendendo a população mais necessitada de nosso município e região.

Em segundo lugar e de maior relevância devido a conjuntura política atual, è de que o governador do Rio Grande do Sul Sr. Tarso Genro do PT em sua “ Manifesto à Saúde”, do dia 11 de setembro de 2010, postado em seu blog, ao qual afirma que construirá 4 (quatro) Hospitais Regionais de média e alta complexidade com especialidades como traumatologia e cirurgia geral, aproveitando os recursos do governo federal e investindo nas estruturas já existentes que ainda não contam com serviços de média e alta complexidade.

Imaginemos os benefícios, tomando como base o Hospital que está sendo construído em Palmeira das Missões, orçado em R$ 40 milhões de reais. Estes recursos estão sendo investidos na economia local, gerando emprego e renda em diversos setores da economia. Após estar pronto, a administração do hospital terá que contratar médicos, enfermeiras, técnicos, auxiliares administrativos, além de novos equipamentos, materiais de expediente etc...


No entanto è de fundamental importância perceber a verdadeira conseqüência de todo o processo, caso seja construído este hospital em Livramento, será um Hospital Público Totalmente SUS, gratuito de qualidade para atender a nossa população santanense com dignidade. Ademais, poderemos atrair pacientes de outras cidades e regiões, diferente do momento atual, onde somente mandamos nossos entes queridos que estão doentes para serem atendidos em outros centros.


Com a construção deste novo hospital a Santa Casa de Misericórdia será fortalecida em outras especialidades e complexidades, vide UTI tipo 2 ou a nossa proposta construir uma UTI Neo-natal. Desta forma, a Santa Casa deverà andar no mesmo nível do hospital público, pois recebe e continuará recebendo recursos públicos, tanto quanto, ao atendimento a população, quanto à valorização de seus profissionais em todos os níveis.


Entretanto a decisão está nas mãos de nosso governador Tarso Genro, que estará em Livramento no final deste mês. Construir o novo Hospital Público Totalmente SUS, gratuito e de qualidade, ou assumir o Hospital Santa Casa de Misericórdia tornando-o totalmente SUS. Sendo um referencial, de alta complexidade na área da saúde, garantindo a atendimento a população gratuitamente aos usuários do SUS, o emprego e os direitos dos mais de 300 trabalhadores.


Suprindo a maior demanda da região da fronteira, agindo estratègicamente no combate ao maior índice negativo de qualquer governante, a saúde, ficando na história e após implementar por todo o Estado do Rio Grande do Sul esta política, certamente será reeleito prospectando "novos" e ambiciosos vôos políticos, além de eleger è claro o próximo prefeito de
Livramento.



Acompanhem abaixo o “Manifesto da Saúde”

http://www.blogdotarso.com.br/manifesto-da-saude/





No último sábado, dia 11 de setembro, apresentamos o Manifesto da Saúde, um documento que sintetiza, em seis tópicos, as principais diretrizes do governo da Unidade Popular pelo Rio Grande, calcados no compromisso de aplicar 12% do orçamento na Saúde. O lançamento aconteceu em Palmeira das Missões, onde começará a ser construído, nos próximos meses, um hospital público regional. O complexo terá um custo de R$ 40 milhões, 180 leitos e atenderá casos de média e alta complexidade.

Veja os demais compromissos que fazem parte do manifesto:

- Construção de quatro Hospitais Regionais de média e alta complexidade com especialidades como traumatologia e cirurgia geral, aproveitando os recursos do governo federal e investindo nas estruturas já existentes que ainda não contam com serviços de média e alta complexidade;

- Conclusão e construção de 50 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), garantindo a conclusão das 18 UPAs que estão em andamento e contruindo mais 32;

- Levar equipes completas do Programa de Saúde da Família (PSFs) para todos

os municípios gaúchos;

- Garantir um centro de Especialidades para cada região;

- Reduzir a Mortalidade Infantil

Acesse o link abaixo para assinar via on line pela construçao do hovo Hospital Pùblico em Santana do Livramnento.

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=P2010N4463

Rogério Benites 16 de março de 2011

Nenhum comentário: